Polícia

Publicidade

03.08.2018 às 11:02h - atualizado em 03.08.2018 às 11:14h - Polícia

Casal do RS apresenta atestado de residência falso e é preso por falsidade ideológica

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Casal do RS apresenta atestado de residência falso e é preso por falsidade ideológica

Continua depois da publicidade

Um homem de 25 anos e sua companheira de 29 anos, ambos residentes no Rio Grande do Sul, foram presos em flagrante pela Polícia Civil de Palmitos na tarde desta quinta-feira, 02, após terem apresentado na Delegacia comprovante de residência falso informando que eram moradores de Palmitos.

Conforme o delegado, João Miotto, as prisões ocorreram em decorrência de investigação anterior e de denúncia anônima recebida de que pessoas residentes no estado gaúcho estariam apresentando comprovantes de residências falsos para realizar processos de habilitação para conduzir veículos e transferência de automóveis visando facilidades na aprovação ou pagamento de menos impostos.

O delegado explica que após conferir os documentos e realizar diligência nos endereços informados pelos investigados, a Polícia Civil de Palmitos comprovou que no imóvel residia apenas outro casal e que a proprietária teria firmado declaração falsa dizendo que o casal residia no local.

O casal foi colocado em liberdade após o pagamento da fiança arbitrada e a proprietária da residência foi indiciada pelo crime de falsidade ideológica.

A Polícia Civil informa que fazer declaração falsa de residência é crime com pena de até três anos de reclusão.

Nos últimos dias pelo menos seis pessoas foram indiciadas pelo cometimento de crimes de falsidade ideológica ao apresentarem comprovantes de residência falsos na Delegacia.

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.