02.06.2018 às 10:53h - atualizado em 02.06.2018 às 10:57h - Greve

Santa Helena irá encaminhar decreto de situação de emergência na próxima semana

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Santa Helena irá encaminhar decreto de situação de emergência na próxima semana

Continua depois da publicidade

O decreto de emergência foi uma recomendação da Defesa Civil do município de Santa Helena, após avaliação dos prejuízos diretos gerados em função da greve dos caminhoneiros, principalmente no interior, que soma perdas de cerca de R$ 300 a R$ 400 mil, além dos prejuízos que ainda serão sentidos na economia local.

Segundo o prefeito, Luiz Gluitz, o município irá encaminhar o decreto na segunda-feira, 04, mas ele ainda precisa ser reconhecido pelos Governos do Estado e Federal.

O prefeito afirma que com o decreto, o município pode se precaver de situações como a possibilidade da prorrogação de financiamentos por parte dos produtores rurais, que foram os mais afetados pela paralisação, devido ao leite que teve que ser jogado fora e do atraso no carregamento de animais, entre outros prejuízos.

O Prefeito pede a compreensão da população para a retomada dos serviços. Luiz Gluitz enfatiza que no começa desta semana o governo municipal reuniu a equipe para avaliar as medidas que seriam tomadas devido aos transtornos causados pela paralisação dos caminhoneiros.

Em função disso na terça-feira desta semana o município suspendeu as aulas, e também houve prejuízos nos trabalhos do interior e da saúde.

Assim como a maioria dos municípios, Santa Helena decretou ponto facultativo nesta quinta e sexta-feira. Luiz Gluitz afirma que na segunda-feira, 04, os trabalhos voltam ao normal, mas com uma nova reunião de avaliação da equipe do governo municipal sobre os setores e serviços prejudicados.

Nestes 10 dias de greve, prefeito de Santa Helena enfatiza que foram atendidos apenas serviços de emergência, como o enterro de animais e a manutenção da rede de distribuição de água.

Luiz Gluitz comenta que houve a necessidade de buscar uma escolta para trazer os produtos para o tratamento de água, o que ocorreu em conjunto com os municípios de Itapiranga e Princesa.

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Nedel Celulares.
Advocacia Fávero

Mais notícias

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.