Polícia

Publicidade

02.04.2018 às 21:25h - atualizado em 03.04.2018 às 10:20h - Polícia

Principal suspeito de matar soldado Caroline morre em confronto com o BOPE

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Continua depois da publicidade

Principal suspeito de matar soldado Caroline morre em confronto com o BOPE
Criminoso em outro momento no ano passado quando foi atingido em confronto

Continua depois da publicidade

Após denúncias anônimas recebidas, o BOPE encontrou o local onde suspeitos de envolvimento na morte da policial Caroline Pletsch vinham se escondendo na Zona Norte de Natal. Durante a ação policial, um dos jovens abriu fogo contra os policiais e houve uma breve troca de tiros.

Um dois suspeitos foi atingido e socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos. O jovem foi identificado como Yuri Torres Lima de Souza, de 18 anos. Outro suspeito foi detido no local e levado para prestar depoimentos.

O casal de policiais militares Caroline Pletsch, de 32 anos, e Marcos Paulo da Cruz, de 43 anos, passavam férias na cidade do Natal e jantavam em uma pizzaria no conjunto Parque das Dunas, na Zona Norte, quando foram surpreendidos por uma ação criminosa na noite do dia 26 de março.

Dois homens anunciaram o assalto e, de acordo com a Polícia Militar, teriam recolhido o dinheiro do caixa do estabelecimento e em seguida abordaram os clientes.

Segundo testemunhas, os homens teriam percebido que Marcos estava armado e acabaram abrindo fogo contra o casal. Caroline foi atingida no peito e levada ao hospital já em estado grave, porém não resistiu. Já seu marido, foi socorrido e se recupera. Ele permanece no Hospital Walfredo Gurgel, na Zona Leste.

A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas pelos suspeitos, mas ninguém foi encontrado. Durante a ação, os criminosos levaram a arma de Marcos Paulo. A Polícia Civil investiga o caso e analisa as câmeras de segurança que registraram a fuga dos homens com o auxílio de outros dois suspeitos. Com a captura de um provável envolvido no caso, a polícia pode encontrar os outros envolvidos no crime.

Fonte: Agora RN

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.