ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco quarta-feira 25 03 2020

-BOLSONARO CRITICA FECHAMENTO DE ESCOLAS, ATACA GOVERNADORES E CULPA MÍDIA

-SC TEM 109 CASOS CONFIRMADOS E ESTADO PROJETA VOLTA DAS ATIVIDADES

-PROCON NOTIFICA INDÚSTRIAS DA REGIÃO PARA EXPLICAR ALTA DO PREÇO DO LEITE

-PREFEITO RENOVA DECRETO DE QUARENTA E MUDA HORÁRIO DAS PADARIAS

-ACISMO E CDL DEFENDE REABERTURA GRADATIVA DAS EMPRESAS NA CIDADE

-PANDEMIA REDUZ ACIDENTES NAS RODOVIAS, MAS PRE REFORÇA ORIENTAÇÕES

-POLÍCIA PRENDE DOIS SUSPEITOS DE FURTO EM FARMÁCIA DO BAIRRO AGOSTINI

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de sol. A temperatura pode chegar a 31 graus. A mínima das últimas horas foi de 16 graus. Agora, na Central de Jornalismo da Peperi, ... graus. Umidade relativa do ar ... por cento.

O dólar paralelo está cotado a quatro reais e 70 centavos para a compra e cinco reais e 15 centavos para a venda. O euro está valendo cinco reais e 30 centavos para a compra e cinco reais e 60 centavos para a venda. Já o peso argentino está cotado a seis centavos para a compra e sete centavos para venda.

A pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, uniu governantes e autoridades de saúde do mundo inteiro em um objetivo principal: reduzir a velocidade da transmissão e evitar assim que os sistemas de saúde fiquem sobrecarregados. Praticamente todos os países que registraram casos da doença adotaram medidas de isolamento social. Mais de 100 países fecharam todas as escolas e praticamente todo o calendário esportivo mundial parou – incluindo as Olimpíadas de Tóquio. Neste momento, dois bilhões e 600 milhões de pessoas estão em isolamento, um terço da população mundial.

A Espanha superou o número de mortes registradas na China em decorrência do novo coronavírus, segundo dados fornecidos nesta quarta-feira pelo ministério da Saúde. O país já registou três mil 434 mortes desde o início do surto, sendo que 738 delas nas últimas 24 horas. O número total de casos registrados subiu 20 por ceneto nesta terça-feira em relação ao dia anterior, atingindo 39 mil 673 infectados, segundo o último balanço do Ministério da Saúde. A expectativa é a de que a extensão do estado de emergência acordado pelo governo seja ratificada nesta quarta no Congresso.

Nos Estados Unidos, senadores dos partidos Republicano e Democrata e a Casa Branca chegaram na madrugada desta quarta-feira a um acordo sobre um plano federal de estímulos de dois trilhões de dólares para aliviar as consequências da pandemia do coronavírus sobre a economia do país. O pacote deverá auxiliar trabalhadores, empresas e o sistema de saúde. O valor equivale a aproximadamente 10 trilhões e 200 bilhões de reais, o que representa um montante maior do que o PIB do Brasil em valores correntes, que em 2019 totalizou sete trilhões e 300 bilhões de reais. A Organização Mundial da Saúde informou ontem que que está vendo "aceleração muito grande" em número de casos de coronavírus nos Estados Unidos, o que representa potencial para o país se tornar o novo epicentro da epidemia.

A Prefeitura de Porto Alegre confirmou a primeira morte por coronavírus na Capital e no Rio Grande do Sul. O prefeito NELSON MARCHEZAN JR. divulgou a informação na madrugada desta quarta-feira. O caso ainda não foi oficializado pela Secretaria Estadual da Saúde. A vítima é uma mulher de 91 anos que estava internada na UTI do Hospital Moinhos de Vento. As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as dez e meia da noite de terça-feira, dois mil 271 casos confirmados do novo coronavírus no Brasil com 47 mortos. O Rio de Janeiro registra seis mortos e São Paulo, 40. O Amazonas registrou a primeira morte causada pela Covid-19. Com a morte de uma mulher em Porto Alegre, são 48 óbitos no país.

Em seu terceiro pronunciamento em rádio e televisão sobre a crise do novo coronavírus, o presidente JAIR BOLSONARO voltou a minimizar na noite desta terça a gravidade da doença. O presidente pediu para prefeitos e governadores "abandonarem o conceito de terra arrasada", que, para ele, inclui o fechamento do comércio "e o confinamento em massa". Ele afirmou que raros são os casos fatais em pessoas com menos de 40 anos.BOLSONARO também fez um apelo pela "volta à normalidade" e culpou a imprensa por "espalhar pavor". Hoje pela manhã, o presidente se justificou dizendo que o isolamento vai criar uma crise econômica e gerar desemprego, o que, segundo ele, pode levar a conflitos sociais e abalo na democracia. BOLSONARO afirmou que o que alguns governadores estão fazendo é um crime.

Entidades de saúde condenaram o pronunciamento, na noite desta terça-feira, do presidente JAIR BOLSONARO sobre a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A Associação Brasileira de Saúde Coletiva considerou "intolerável e irresponsável" o que chamou de "discurso da morte” do presidente JAIR BOLSONARO. A entidade afirmou que, em sua fala, que classificou como "incoerente e criminosa", o presidente "nega o conjunto de evidências científicas que vem pautando o combate à pandemia da COVID-19 em todo o mundo. O presidente da Câmara dos Deputados, RODRIGO MAIA, afirmou que o pronunciamento do presidente BOLSONARO foi "equivocado" e que os brasileiros precisam seguir as normas da Organização Mundial de Saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. Já o presidente do Senado, DAVID ALCOLUMBRE, declarou que a fala de BOLSONARO foi grave e que o país precisa de uma liderança séria.

Santa Catarina tem 109 casos confirmados do novo coronavírus. Seis deles estão em leitos de UTI. Ao todo, o estado ainda tem 336 pacientes com suspeita da doença, segundo atualização do governo do Estado no final da tarde desta terça-feira. Em apenas um dias, foram positivados 23 novos testes. O número elevado também coloca Santa Catarina como o segundo estado do Sul do país, em número de pacientes contaminados. No Rio Grande do Sul, são 112 casos.Florianópolis é o município com mais casos: 20 no total. Os dados divulgados ontem pelo estado também indicam que Chapecó, cidade mais próxima do extremo-oeste, já tem três casos confirmados da doença.

O governador do estado, CARLOS MOISÉS DA SILVA, anunciou, nesta terça-feira, que o governo pretende implantar cerca de 700 novos leitos de UTI em Santa Catarina nos próximos dias. De acordo com ele, existem 800 leitos de Unidade de Terapia Intensiva disponíveis nos hospitais credenciados e registrados da rede pública e privada para atender os pacientes mais graves. Ele disse que o estado tem condições de abrir mais 713 leitos de UTI para daqui 30 dias, número que será necessário para atender todas as pessoas que podem apresentar sinais mais agravados da doença e que, consequentemente, precisarão de terapia intensiva. MOISÉS voltou a pedir que as pessoas fiquem em casa e que o isolamento social é a melhor forma de evitar a transmissão do coronavírus.

O governador CARLOS MOISÉS também falou ontem sobre a retomada da economia e anunciou que uma nova portaria vai avaliar o que é serviço essencial e o que não pode funcionar no estado. Ele também disse que o Estado pretende liberar as obras que envolvem o serviço público. Segundo governador, existe uma conversa com diversos estabelecimentos, como restaurantes e hotéis e outros segmentos para criar um modelo seguro de atuar nas modalidades sem aumento do contágio, com controle sanitário, de modo que o Estado volte a funcionar "a plena carga". Em disse que o esforço dos catarinenses vai evitar a disseminação da doença e que o estado vai começar agora a reativar a economia que estagnou em razão do coronavirus. Ele afirmou que é preciso evitar a doença, mas também organizar a volta das atividades econômicas para que esse não se torne um problema ainda maior do que o próprio coronavírus.

O Deputado Federal de Santa Catarina pelo MDB, CELSO MALDANER está propondo uma série de medidas para auxiliar o Ministério da Saúde nesse momento de pandemia vivido em virtude do Coronavírus. Entre as ações pretendidas pelo deputado está a destinação do salário de todos os parlamentares para o Sistema Único de Saúde. De acordo com ele, a ideia seria realizar essa ação durante a vigência do Estado de Calamidade Pública devido ao Covid-19. MALDANER lembrou que essa intenção foi lançada na última semana em sua rede social e desde então está recebendo apoio de toda a população.

Atualmente os parlamentares recebem mais de 33 mil reais mensais. A informação é do deputado federal do MDB de Santa Catarina, CELSO MALDANER. Conforme ele, ao todo, são 33 mil 763 reais depositados nas contas de todos os deputados todos os meses. Segundo ele, são 594 parlamentares e isso gera um valor superior a 20 milhões de reais mensais. Ele destacou que esse montante poderia ser destinado ao SUS nesse momento vindo pelo Brasil. MALDANER lembrou que atualmente os parlamentares estão trabalhando em casa, não precisando dessa forma se deslocarem até Brasília.

Além de sugerir a doação dos salários de todos os deputados, CELSO MALDANER

também propôs outras medidas. Ele disse que ingressou com requerimento de indicação para prorrogar o prazo final de declaração do Imposto de Renda. MALDANER destacou que a data limite é 30 de abril, porém solicitou que o período seja estendido por no mínimo 45 dias. O catarinense revelou que também entrou com projeto de lei pedindo para que o governo conceda concessão de subvenções econômicas aos fabricantes de álcool em gel. O objetivo conforme ele é para que os preços sejam mantidos.

Essas medidas são o mínimo que o Congresso Nacional pode fazer nesse momento de pandemia que o país vive. A declaração é do deputado federal do MDB, CELSO MALDANER. Ele lembrou que as emendas impositivas no valor de oito milhões de reais também estão sendo revistas para serem destinadas ao SUS. Questionado sobre a real possibilidade da doação de salários virar realidade MALDANER disse que está tentando contato com os demais colegas para que a ideia avance e de fato vire realidade.

A Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste prorrogou por mais sete dias as medidas temporárias de prevenção à infecção e propagação da Covid-19. Com isso, seguem suspensas as sessões ordinárias presenciais e os servidores seguirão por mais sete dias em regime de teletrabalho. A portaria que estabeleceu as medidas foi publicada nesta terça-feira e segue as disposições do Decreto Estadual. A portaria da Câmara, assinada pelo presidente EVERALDO DI BERTI, também estabeleceu em caráter excepcional a realização de sessões e reuniões de comissões por sistema virtual. Os encontros devem ser realizados somente para matérias com pareceres de comissões ou que forem consideradas urgentes por ato da Presidência.

O Procon de Santa Catarina notificou nesta terça-feira três empresas de laticínios pelo reajuste no preço do leite longa vida vendido pelas indústrias aos supermercados. Denúncias recebidas pelo órgão de defesa do consumidor dão conta de que o valor chegou a subir 50 por cento. Foram notificadas as empresas Aurora, Terra Viva e Tirol, que terão 24 horas para responder ao Procon e ao Ministério Público de Santa Catarina qual a justificativa para o reajuste de preços. Elas também terão que apresentar as notas fiscais emitidas na última semana. Ontem, o empresário FRANCISCO CRESTANI esteve no Peperi Entrevista e disse que o litro de leite, que estava na faixa de dois reais, foi reajustado para com valor acima de três reais. Ele afirmou que as indústrias estão cobrando preços entre três reais e 10 centavos até três e 80. Segundo o empresário, dessa forma, o preço ao consumidor pode chegar a cinco reais nos próximos dias. CRESTANI disse que essa situação é uma vergonha.

O presidente da Cooperoeste Terra Viva, SEBASTIÃO VILANOVA esteve no Peperi Entrevista de hoje e expôs a posição da indústria sobre a polêmica envolvendo o preço de venda do litro de leite para os mercados. Ele disse que o preço do leite estava embaixa desde 2014 e o aumento dos valores é reflexo da falta de oferta do produto. SEBASTIÃO disse que a produção diminui bastante no campo e a alta dos valores nessa época é normal. Além disso, os insumos e materiais, como a caixa longa vida, também foram reajustados. Ele reforçou que a correção dos preços praticados pela indústria se deve ao aumento do custo de produção e da redução da matéria-prima. Os detalhes da entrevista de SEBASTIÃO estarão no Globo em Foco desta quinta-feira.

O Boa Tarde Peperi desta terça-feira repercutiu a renovação do decreto de emergência e a renovação das medidas restritivas de circulação de pessoas e atividades econômicas por mais sete dias em Santa Catarina. O programa ouviu a opinião de entidades sobre os impactos de mais uma semana de paralisação econômica. De uma forma geral, Acismo, CDL, Sindicato dos Empregados no Comércio e o setor de restaurantes e eventos entendem que a disseminação do coronavírus é uma questão central, mas também estão cada vez mais preocupados com as consequências econômicas do fechamento das empresas por duas semanas. Algumas entidades já defendem a volta gradual dos estabelecimentos comerciais na cidade.

A Associação Empresarial de São Miguel do Oeste, não esperava que houvesse a prorrogação do Decreto de emergência por mais uma semana. O comentário é do presidente da entidade, DANIEL DE SOUZA. Ele disse que a associação recebeu a informação com muito pesar e que os empresários esperavam voltar a trabalhar depois dos sete primeiros dias da quarentena. DANIEL afirmou que a entidade está preocupada com a situação dos pequenos empresários do município. Para ele, o comércio deveria voltar a funcionar de uma forma escalonada a fim de garantir o acesso da população a serviços para não afetar ainda mais a economia da região. DANIEL disse que a Acismo não concorda com a prorrogação da quarentena geral.

O presidente da Acismo, DANIEL DE SOUZA, também defendeu, no Boa Tarde Peperi desta terça-feira, a prorrogação dos tributos municipais. Ele disse que isso já está ocorrendo na esfera federal e estadual, a prefeitura também deveria postergar as datas de pagamento dos impostos do município. O presidente destacou ainda que a Acismo está auxiliando os associados sobre questões jurídicas e tributária neste período especial de quarentena em razão do coronavírus. Outra assessoria que a Acismo está prestando é sobre como proceder com as finanças das empresas fim de minimizar as perdas já que a receita praticamente veio à zero em muito setores.

A CDL de São Miguel do Oeste já imaginava que o decreto de emergência com o fechamento das empresas de forma geral seria renovado por mais uma semana. A observação é do presidente da entidade, IVANDRO SPENGLER. Ele disse que a saúde das pessoas vem em primeiro lugar, mas questionou como ficará a saúde financeiras das empresas. Para SPENGLER, as lojas do varejo que estão de portas fechadas há mais de uma semana são as mais prejudicadas. Ele disse que a FCDL já encaminhou um pedido formal ao governador para pensar em uma situação alternativa para que o comércio volte a funcionar.

A renovação do decreto de emergência com restrição de atividades econômicas no estado é um passo muito importante na linha de prevenção. A avaliação é do presidente do Sindicato dos empregados no comércio do extremo-oeste, EDRIANE SLAVIERO. Ela disse que a sociedade está vivendo uma guerra invisível e este é o momento de se cuidar e evitar a transmissão do coronavírus. EDRIANE citou que o sindicato entende a angústia dos empresários e a entidade também está preocupada com o risco de demissões e de falta de recursos até para o pagamento de salários dos trabalhadores. Ela destacou que mesmo assim, a melhor medida agora é ficar em casa e garantir a saúde de todos.

Uma idosa de 70 anos, moradora de Iporã do Oeste, faleceu neste domingo no hospital Regional do Extremo-oeste, vítima de parada caradio-respiratória. A idosa tinha uma quadro crônico de asma e problemas cardíacos. Na semana passada, ela foi internada no hospital de Iporã do Oeste. No domingo, o quadro piorou e ela foi transferida em estado grave para o Hospital Regional. Ela não chegou a ser internada e faleceu. Por uma questão de cautela e prudência, em razão do quadro epidemiológico do coronavírus, a equipe do hospital coletou material para exame em laboratório. A família da idosa também foi colocada em isolamento por uma questão preventiva. Inicialmente, os médicos descartaram coronavírus, mas, mesmo assim, o material foi encaminhado para o Laboratório Central. Como o caso era de óbito da paciente, o Lacen examinou o material com prioridade e o resultado foi liberado na manhã desta terça-feira. A análise laboratorial descartou coronavírus.

O município de São Miguel do Oeste ainda aguarda o resultado do exame do único caso suspeito de coronavírus que ainda está em investigação. Os testes deram negativo para um homem de 31 anos que viajou a São Paulo e procurou o Hospital Regional com sintomas da doença na segunda-feira da semana passada e também para uma mulher de 23 anos internada quinta-feira em um hospital da cidade. O Lacen ainda não divulgou o exame do paciente que foi atendido na segunda-feira à tarde com os sintomas da doença em um dos hospitais do município. Desde a última sexta-feira, a coleta para exame só é realizada em pacientes considerados graves, com internação hospitalar. O número de

O prefeito de São Miguel do Oeste, WILSON TREVISAN, assinou um novo Decreto, nesta terça-feira, prorrogando algumas das medidas preventivas à contaminação pelo coronavírus e alterando outras. Quanto à quarentena, o município seguirá as orientações dispostas em Decreto estadual. Um dos pontos modificados diz respeito ao horário de funcionamento de padarias, que até então deveria ser o mesmo de mercearias, mercados, supermercados e conveniências, ou seja, de segunda a sábado, das nove as seis da tarde. Levando em consideração os horários em que costumeiramente o consumidor procura por estes estabelecimentos, a Administração Municipal optou em permitir a extensão deste horário de atendimento entre oito horas da manhã e sete da noite, de segunda à sábado.

A abertura das padarias aos domingos continua vedada. O decreto assinado ontem pelo prefeito WILSON TREVISAN também proíbe o consumo de produtos nesses estabelecimentos. O mesmo vale para mercearias, lojas de conveniências, mercados e supermercados.Para restaurantes, seguindo orientação estadual, também passa a ser permitida retirada de pedidos no balcão, além do serviço de tele-entrega. Nas repartições públicas municipais, serão adotados mais sete dias de quarentena, com a exceção da Secretaria de Saúde e outras atividades consideradas essenciais. Alguns setores continuarão no regime de teletrabalho. Outros, como Vigilância Sanitária, Defesa Civil e Procon, atenderão ao público somente por telefone ou meio eletrônico. O Decreto entra em vigor nesta quarta-feira.

O décimo quarto Regimento de Cavalaria Mecanizado de São Miguel do Oeste vai reforçar o trabalho de controle e fiscalização nas regiões de fronteira de Dionísio Cerqueira e da ponte da BR-282 em Paraíso. Os militares vão apoiar os órgãos que atuam nesses locais. As tropas foram deslocadas para Dionísio Cerqueira nesta quarta-feira e os militares já estão em operações, realizando tarefas de controle de acesso à fronteira e de controle de circulação de pessoas nas áreas das aduanas. De acordo com o setor de relações públicas do décimo quarto, o RCMec tem o objetivo de auxiliar nos trabalhos para mitigar os impactos à população do oeste catarinense pela disseminação do vírus COVID-19.

O número de acidentes nas rodovias estaduais do extremo-oeste reduziu consideravelmente, reflexo da diminuição da quantidade de veículos circulando nas SCs. A informação é do comandante da Companhia de Polícia Militar Rodoviária de Iporã do Oeste, capitão DEIBER HAEFLIGER. Ele disse que esse quadro é reflexo da pandemia do coronavírus. DEIBER considera que isso mostra que as pessoas estão respeitando o decreto que prioriza o isolamento social. Ele destacou que a circulação de veículos não está proibida e informações divulgadas a respeito do trancamento de rodovias são fake news. A única restrição no estado é a circulação de ônibus que fazem o transporte coletivo ou que vem de outros estados. Ele comentou que o baixo movimento de veículos pode levar algumas pessoas a transitarem em alta velocidade e que a PRE continua fazendo barreira e ações para coibir essas infrações.

Três pessoas praticaram um furto em uma farmácia na noite de ontem no bairro Agostini. O crime aconteceu por volta das 11 e meia. Uma mulher distraiu a funcionária do estabelecimento e dois homens aproveitaram para furtar produtos como cremes e perfumes. A ação foi flagrada pelas câmeras de videomonitoramento e a Polícia Militar foi acionada. No começo da madrugada, uma guarnição da PM localizou e prendeu a mulher e um dos homens. Eles ainda estavam com alguns produtos furtados. O terceiro suspeito não foi localizado. Os dois detidos foram levados para a delegacia de polícia. O vídeo com a ação dos suspeitos dentro da farmácia está disponível no portal da Peperi na internet.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.