ÁUDIOS
Globo em Foco - Itapiranga - AM

Globo em Foco Itapiranga - 24/06/2020

GLOBO EM FOCO – 240620

-SENADO APROVA PEC QUE TRANSFERE ELEIÇÕES PARA 15 E 29 DE NOVEMBRO

-EMPRESÁRIO NEGA CITAÇÕES QUE ENVOLVERAM MOISÉS NO CASO DOS RESPIRADORES

-DOCUMENTÁRIO ABORDA EDUCAÇÃO, RELIGIÃO E COLONIZAÇÃO ALEMÃ

-COOPERATIVA DA AGRICULTURA FAMILIAR INTENSIFICA ATUAÇÃO COM ASSOCIADOS

-PROJETO DE LEI CONGELA SALÁRIOS DE POLÍTICOS DE TUNÁPOLIS

-SÃO JOÃO DO OESTE VAI INVESTIR 750 MIL REAIS EM NOVA REDE DE ÁGUA

-GALHO DE ÁRVORE SOBRE A PISTA PROVOCA ACIDENTE NA SC 496

-HOMEM COM QUASE 40 BOLETINS DE OCORRÊNCIA É PRESO POR TRÁFICO

- Estes são os principais destaques do Globo Em Foco que está começando agora....

TEMPO E TEMPERATURA, 24.06.20

= O Tempo em Itapiranga apresenta-se bom. A previsão para as próximas horas é de sol. A temperatura máxima registrada ontem em Itapiranga foi de 30 graus.

De acordo com o Banco Central, o dólar está cotado a cinco reais e 17 centavos. O euro está valendo cinco reais e 83 centavos. Já o peso argentino está cotado a sete centavos.

A União Europeia estuda restringir a entrada de viajantes provenientes do Brasil, dos Estados Unidos e da Rússia, informou reportagem do jornal norte-americano "The New York Times" desta terça-feira. Com a chegada do verão, o bloco europeu pretende iniciar a reabertura das fronteiras externas a partir de primeiro de julho, começando por países que têm controlado melhor a pandemia de Covid-19. Oficialmente, ainda não houve anúncio formal sobre quais estados estarão incluídos no banimento. Na segunda-feira, o mundo registrava mais de nove milhões de diagnósticos confirmados da virose.

Um grupo matou 15 moradores de uma aldeia indígena no sul do México, que foi alvo de disputas locais. De acordo com autoridades locais, foi um dos ataques mais brutais a abalar o interior do país nos últimos anos. Os agressores torturaram e queimaram vivas várias vítimas, de acordo com o governo municipal. governo municipal de San Mateo del Mar informou em comunicado que o ataque foi orquestrado por pelo menos seis pessoas armadas, com o apoio de um suposto chefe do crime local.

Um forte terremoto de magnitude sete vírgula quatro graus atingiu a costa sul do México nesta terça-feira, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O número de mortos pelo terremoto que atingiu a região sul de Oaxaca no México aumentou para quatro, informou a defesa civil mexicana. O abalo foi sentido no centro da capital, a Cidade do México, que está a centenas de quilômetros de distância do epicentro. O tremor chegou a fazer soar os alertas de autoridades para a possibilidade de tsunami na costa do Pacífico, mas os alarmes foram retirados.

O governo prorrogou a permanência da Força Nacional por mais 180 dias em cinco estados que recebem o programa "Em Frente, Brasil", lançado pelo ex-ministro da Justiça SERGIO MORO em agosto do ano passado, com o objetivo de reduzir a violência em locais considerados estratégicos. As ações ocorrem em Goiás, Pará, Espírito Santo, Pernambuco e Paraná. Quando o programa foi lançado, o governo explicou que a primeira fase ocorreria em um estado de cada região do país. O trabalho se concentra na repressão aos homicídios dolosos, mas o governo espera reduzir índices de outros crimes considerados violentos, como: feminicídios, estupros, extorsão mediante sequestro, latrocínio, roubo à mão armada.

O Senado Federal deve votar nesta quarta-feira o projeto de lei do novo marco legal do saneamento básico. O projeto muda as regras para a prestação de serviços de saneamento, facilitando a entrada de empresas privadas no mercado. A iniciativa foi apresentada pelo governo federal, que vê no marco regulatório uma possibilidade de universalizar a cobertura de água e esgoto até 2033, prazo determinado pelo projeto. A expectativa é que a alteração possa movimentar 700 bilhões de investimentos nesse período. O novo marco legal tem como um dos pilares a possibilidade de que os titulares de serviço de saneamento abram licitações para contratar as empresas prestadoras, ou seja, é dada a opção aos Estados para a terceirização dos serviços. Atualmente a maioria das cidades acaba fechando parcerias com as empresas estatais.

O Senado aprovou nesta terça-feira a proposta de emenda à Constituição que adia as eleições municipais deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus. O texto, votado em sessão remota, foi aprovado por 67 votos a oito no primeiro turno e por 64 votos a sete no segundo turno. Agora, a PEC segue para a Câmara dos Deputados. Pelo calendário eleitoral, o primeiro turno está marcado para quatro de outubro, e o segundo, para 25 de outubro. A PEC aprovada pelo Senado adia o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro. Além de transferir as eleições de outubro para novembro, a PEC permite ao plenário do TSE definir novas datas para o pleito em cidades que não tiverem condições sanitárias para votação em novembro.


A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina informou nesta terça-feira que tem acompanhado a questão da nuvem de gafanhotos que está na Argentina e pode chegar ao Brasil. A Cidasc pediu aos produtores, especialmente na região da fronteira, que avisem o órgão caso percebam algo nesse sentido. Já a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado diz que, tecnicamente, não há chance de os insetos virem para o território catarinense. O Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina informou ao Ministério da Agricultura que, se as atuais condições climáticas continuarem, a nuvem deve ir para o Uruguai. No entanto, por causa da proximidade com o Sul do país, é necessário que os órgãos estaduais e os agricultores fiquem atentos para "eventuais medidas de controle da praga caso esta nuvem ingresse em território brasileiro".

O governo de Santa Catarina investirá quatro milhões e 500 mil reais no apoio a projetos de sistemas de captação, armazenagem e uso da água para atividades em propriedades rurais. Segundo a Secretaria de Estado da Agricultura, a proposta irá contribuir para a construção de aproximadamente 200 poços artesianos, cisternas e projetos de irrigação. São três programas e um deles é o Água para Todos que conta com recursos para financiamentos para construção de poços, estruturas de armazenagem e distribuição de água. Os financiamentos serão de até 25 mil reais por produtor ou até 50 mil para projetos coletivos, que poderão ser pagos em até 36 meses, com seis meses de carência e sem juros.


As mensagens citando o governador CARLOS MOISÉS na negociação dos 200 respiradores comprados pelo Estado por 33 milhões foram negadas nesta terça-feira pelo empresário SAMUEL RODOVALHO. Ele prestou depoimento na CPI dos respiradores na Alesc e chamou de “suposição errada” a menção ao governador na troca de mensagens. Uma perícia nas conversas de WhatsApp de SAMUEL feita a força-tarefa da Operação Oxigênio encontrou três menções ao governador, sempre em encaminhamentos de mensagens que o empresário recebia de CÉSAR BRAGA, diretor jurídico da Veigamed que está preso. As conversas embasaram a mudança do caso para o Superior Tribunal de Justiça em função do foro do governador. Em uma das mensagens, SAMUEL diz a outro empresário que “está na linha com o governador”. Ontem, ele afirmou que fez uma suposição errada que eles estavam falando com o governador.

Cooafi, Cooperativa da Agricultura Familiar intensifica atuação com associados. Foco está na qualidade do leite, além de atuação na parte clínica, assistência para formação de pastagens e visita para atendimento na comercialização de insumos para a próxima safra. O Gerente Administrativo, DANIEL BRANDÃO, explica que as visitas com recomendação técnica visam reduzir custo de produção e garantir melhor orientação aos produtores rurais na compra de insumos. O gerente aponta a necessidade de aumentar a eficiência no cultivo de lavouras proporcionando maior competividade. Desafio é melhorar a competividade no setor agropecuário com a formação de pastagem perene, correção de solo e adubação orgânica. Em casos de necessidade adubação química conforme for a deficiência do solo.

De acordo com DANIEL BRANDÃO, a Cooafi conta com 300 associados e registra procura constante por novas adesões. Todos os pedidos dependem de análise do Conselho de Administração que possui atuação marcante na cooperativa. Segundo o Gerente Administrativo, a Cooafi cumpre com seu papel de auxiliar seus associados visando maior rentabilidade e principalmente alcançar a sustentabilidade. DANIEL BRANDÃO diz que o sistema cooperativo agrega valores na compra coletiva e na venda de produtos. O modelo de gestão agrega para a cooperativa e para os produtores rurais. A prioridade da Cooafi é atender produtores de leite de Itapiranga.

CAPS de Mondaí realiza desafio do rei e da rainha caipira. Conforme a coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial, NATALIA DA SILVA, esta é uma estratégia para interagir os usuários neste momento em que os trabalhos e atividades em grupo estão suspensas e há necessidade de permanecerem em casa. NATALIA explica que o desafio proposto aos usuários consiste na postagem em redes sociais, deles vestidos de caipira, alusivo a São João. Ela comenta que as postagens encerraram na manhã de hoje, e a tarde a equipe irá escolher o rei e a rainha caipira. Os vencedores recebem premiação, doada pelo comércio local. A coordenadora comenta que também estão sendo entregues lembranças juninas aos pacientes, considerando que a tradicional festa, envolvendo também os familiares, não poderá ser realizada. O CAPS de Mondaí atende também Iporã do Oeste, São João do Oeste e Riqueza.

Médico esclarece critérios para considerar paciente curado do coronavírus. Conforme o médico da unidade de saúde de Descanso, JOSEMIR WERLANG, no momento são cinco casos confirmados no município, destes, quatro recuperados e um ainda isolado recebendo acompanhamento, mas sem agravamento da saúde. Um caso suspeito ainda aguarda resultado do exame. JOSEMIR lembra que todos os casos foram contraídos fora do município, e são pacientes que trabalham ou que estiveram em outra cidade. O médico explica que além do teste rápido, o critério usado para considerar que o paciente está curado é o tempo de evolução da doença desde o início dos sintomas, em um período de cerca de duas semanas. O paciente deve ficar ao menos 72 sem apresentar sintomas para ser considerado curado.

Como Descanso não tem casos confirmados dentro do município, o médico explica que os testes são aplicados preferencialmente em pessoas com sintomas gripais, familiares de pacientes contaminados, ou pessoas que estiveram em locais que já registram casos. Testes também são aplicados nos profissionais da saúde. Pessoas que tiveram contato com pacientes diagnosticados com o vírus permanecem um período isolados como garantia de evitar a transmissão. JOSEMIR WERLANG comenta que como o município não registrou casos graves da doença, nenhum tratamento foi administrado. Um dos pacientes que teve uma gravidade um pouco maior foi internado no hospital de referencia, e recebeu hidroxicloroquina e antibiótico para o tratamento.

Municípios da Ameosc finalizam projetos de esgotamento sanitário. Os projetos são coordenados pela ARIS, em parceria com as associações de municípios, e o acompanhamento do Ministério Público. O engenheiro sanitarista e ambiental da prefeitura de São João do Oeste, e engenheiro da ARIS, responsável técnico pelo processo de esgotamento sanitário dos municípios por meio do projeto Tratasan, WILLIAM ARENHARDT, explica que em função da pandemia os trabalhos foram paralisados por um período, e este mês foram retomados com a entrega dos projetos aos municípios. No dia 19 foi entregue o projeto a Palma Sola, concluindo os trabalhos em todos os municípios da Ameosc. A projeção é que até final de julho os diagnósticos também sejam entregues aos demais municípios da região da Amerios. O engenheiro destaca que o objetivo é inicialmente identificar a situação do sistema de esgotamento sanitário, e a partir disso buscar soluções.

Nos municípios da Ameosc, em torno de 63% dos sistemas de esgotamento sanitário estão irregulares, o que representa mais de 10 mil edificações. O engenheiro sanitarista e ambiental cita que em alguns municípios foram identificadas soluções alternativas de esgotamento sanitário, que irão facilitar os investimentos e a regularização. WILLIAM ARENHARDT cita que também foram identificados alguns avanços nos municípios que já possuem institucionalizados os procedimentos de aprovação de projetos e fiscalização, principalmente quanto a solução do sistema individual de esgoto. Ele comenta que a maioria dos municípios já adota a exigência do sistema individual nas edificações novas, o que é a orientação, e o objetivo é que a partir do próximo ano sejam também regularizadas residências e edificações antigas, que possuem o sistema de fossa rudimentar.

Além da regularização do sistema individual, WILLIAM ARENHARDT chama atenção para importância da manutenção deste sistema. Segundo o engenheiro sanitarista e ambiental, a limpeza das fossas deve ocorrer anualmente, o que foi identificado que não está ocorrendo em todas as edificações. Ele diz que isso também precisa ser institucionalizado pelos municípios, e a sugestão é que a limpeza das fossas seja feita pelo serviço público. ARENHARDT comenta que para isso será necessário implantar uma taxa de esgoto para a prestação do serviço nos municípios. O engenheiro ressalta que estas medidas alternativas têm um impacto menor, mas apesar de baixar o custo, o investimento ainda é expressivo devido ao grande número de residências ainda não regularizadas. Para buscar a redução de custos, o engenheiro cita tratativas entre Casan, Funasa, ARIS, os municípios e a população.

ACCS avalia que medidas de prevenção evitaram contaminação em massa de funcionários em frigoríficos do estado. Segundo o presidente da Associação Catarinense dos Criadores de Suínos, LOSIVANIO DE LORENZI, a preocupação com a transmissão do vírus entre funcionários existe, considerando que em alguns estados a promotoria pública fechou frigoríficos devido ao número de contaminados. LOSIVANIO cita que o Sindicato das Indústrias de Carne, Sindicarne, a Cidasc, o Ministério da Agricultura e a Associação Brasileira de Proteína Animal orientam a atuação dos frigoríficos, e nenhum problema foi registrado em Santa Catarina. Ele cita que algumas empresas também fizeram testes em todos os funcionários, e os poucos que testaram positivo foram isolados, assim como as pessoas do grupo de risco. Estes afastamentos geraram a abertura de novas vagas. O presidente da ACCS destaca ainda que o transporte dos funcionários, reduziu pela metade para evitar aglomerações.

Polícia Militar Ambiental chama atenção para casos frequentes de descarte irregular de lixo na região. No começo desta semana, moradores denunciaram o descarte irregular de lixo em uma área particular, na rua 12 de Outubro, próximo ao loteamento Novo Horizonte, em Iporã do Oeste. O local também fica próximo a um riacho. Segundo o comandante da Polícia Militar Ambiental, capitão EVERTON RONCÁGLIO, apesar de toda divulgação, o fato volta a se repetir com denúncias frequentes de descarte irregular de lixo como material de construção, móveis e outros rejeitos. Segundo RONCLÁGLIO, a legislação define que o descarte de lixo deve ser feito de acordo com as recolhas que são disponibilizadas. O que não é coletado na recolha seletiva de lixo, deve ser destinado por meio de campanhas específicas, a exemplo dos eletrônicos, novéis, vidros e lâmpadas.

A responsabilização pelo descarte irregular de lixo é tanto para quem destina o lixo, como para o proprietário da área. O comandante da Polícia Militar Ambiental explica que a pessoa que faz o descarte irregular responde pelo ato, e também o proprietário por ser o responsável pela área, devendo o terreno ser isolado para evitar o acesso ou a identificação com placas. Capitão EVERTON RONCÁGLIO esclarece que caso o descarte irregular seja flagrado ou comprovado o autor, o responsável será multado, e o valor pode chegar a até cinco mil reais. Ele explica que a multa ambiental se aplica porque o descarte é considerado uma poluição ambiental. Além disso, o autor do crime ambiental também responde a processo criminal, e terá que recolher o material para destinação adequada.

Movimento popular defende redução maior nos salários de políticos em Santa Helena. Na última semana, o presidente da câmara de vereadores, JUARÊS DA COSTA, concedeu entrevista a Rádio Oeste, quando explicou sobre o movimento popular e a decisão dos vereadores de reduzir os salários dos políticos do município. O projeto de iniciativa popular acabou não dando entrada no legislativo, em função da comissão de vereadores e a assessoria jurídica terem considerado o documento inconstitucional. Conforme um dos coordenadores do abaixo assinado, JUCIONE DE CASTRO, o envio foi feito a câmara como um projeto de iniciativa popular para posterior encaminhamento de projeto de lei. A sugestão era que ao menos um dos vereadores seguisse com o projeto. JUCIONE considera que em comparação a outros municípios, os salários dos políticos em Santa Helena são considerados muito altos, o que justificaria a redução.

Na proposta do movimento popular, JUCIONE DE CASTRO esclarece que a sugestão era reduzir o salário dos vereadores para mil e 333 reais, que é o menor salário pago pela prefeitura, para o servidor de serviços gerais. Ele justifica que não é justo um vereador, participando de cerca de cinco sessões por mês, receber mais do que um servidor que trabalha em torno de 40 horas semanais. JUCIONE considera que apesar da redução salarial ter ocorrido, também pela necessidade de reduzir gastos no legislativo, ainda foi de um valor baixo se comparado ao que havia sido proposto. JUCIONE percebe que a aceitação da população para o abaixo assinado foi boa, com 191 assinaturas, mas a recolha de mais assinaturas foi prejudicada devido à situação da pandemia. Ele lembra que este período que antecede as eleições, é o momento para a população pensar em quem vai eleger este ano, e defende a renovação no legislativo de Santa Helena.

São João do Oeste produz documentário sobre educação, religião e colonização alemã. Após concluído, o material será disponibilizado no museu, e no site do município. A coordenadora do museu, REJANE WELTER, explica que em parceria com a secretaria de Educação e os setores de Cultura e Turismo, está sendo elaborado um documentário sobre o dialeto alemão, o Hunsrück. Ela comenta que o documentário está sendo produzido através de vídeos, e também de forma escrita. REJANE cita que a base do material são entrevistas com pessoas idosas, relatando sobre fatos antigos, e na terça-feira foi acompanhada e gravada a produção de uma cuca, comida típica alemã. A receita foi confeccionada pela senhora RENATA WELTER, citando os ingredientes e a forma de preparo, no idioma alemão. A coordenadora do museu enfatiza que São João do Oeste é a capital da linha alemã, e o objetivo do trabalho é preservar esta cultura trazida dos antepassados.

O prazo de conclusão do documentário é até o final deste ano. REJANE WELTER destaca que neste momento o museu não está aberto para visitação em função da pandemia, e por isso, a dedicação é na produção do documentário. A coordenadora do museu comenta que é um trabalho que exige dedicação e tempo, pois todas as pessoas entrevistas são inicialmente visitadas, e concordando em participar, é feita a produção dos vídeos e colhidos os relatos. Este resgate está sendo feito com pessoas de todas as comunidades. Entre as abordagens do documentário, REJANE cita a igreja matriz, que é a maior igreja toda em madeira da América Latina, entrevista com o senhor HARI KLEIN, que veio do Rio Grande do Sul com sua família, sendo um dos primeiros colonizadores, além de vários relatos sobre as dificuldades das primeiras famílias a chegarem no município. Também será feita a filmagem de uma missa, toda em alemão, no dia 12 de julho.

São João do Oeste vai investir 750 mil reais em nova rede de água. O município procura uma solução definitiva para o abastecimento de água. A estiagem serviu de para expor o problema que é recorrente. Conforme o prefeito FERNANDO BISIGO está em desenvolvimento o projeto técnico de captação de água no Rio Jundiá, na comunidade de Vale Pio, na divisa com Tunápolis. Objetivo é atender a demanda de residências, empresas e setor agropecuário. O investimento será de aproximadamente 750 mil reais com implantação de cinco quilômetro de redes de canos. A água será levara para a Estação de Tratamento na comunidade de Beato Roque para depois ser distribuída. O sistema terá capacidade de bombeamento de 30 mil litros por hora, volume capaz de atender até futura demanda. BISIGO informa que estão sendo resolvidas questões ambientais e sendo finalizado o projeto técnico para ser encaminhado para licitação.

O investimento em rede de água será com recursos próprios. O prefeito diz que ocorreu economia desde 2017. Ele reconhece que o Rio Jundiá não possui grande volume de água, porém no período de estiagem foram transportados 350 mil litros de água por dia para a Estação de Tratamento na comunidade de Beato Roque e não foi afetada a vazão. FERNANDO BISIGO considera que pode ocorre a exploração de forma consciente e racional para sanar problemas com abastecimento de água em qualquer período do ano, principalmente nas estiagem que causam grandes transtornos. BISIGO lembra que já ocorreu o investimento de 900 mil reais na continuidade do projeto de captação de água no Rio Uruguai e tratamento na estação na comunidade de Jaboticaba. A rede foi ampliada para levar água até Beato Roque. Com aumento na demanda, a rede de água não foi capaz de garantir o abastecimento.

Prefeitura deve adquirir nova área de terra com reservatórios naturais de água. Projeto está em analise e também visa atender a demanda próximo a SC 163. O prefeito FERNANDO BISIGO diz que o aumento do consumo ocorre em virtude do desenvolvimento com instalação de empresas, maior número de residências nos centros comunitários e também projetos no setor agropecuário. BISIGO lembra que o município já investiu também na limpeza e aumento de açudes já existentes para o abastecimento do sistema público de água. Conforme o prefeito, o investimento é possível graças ao trabalho equilibrado com recursos públicos aproveitando bem as verbas dos governos estadual e federal, garantindo economia de recursos próprios. O prefeito aponta a folha de pagamento, com baixo percentual da arrecadação, como fator positivo para aplicação em infraestrutura.

Aprovação de projeto de lei congela salários de políticos em Tunápolis. Vereadores do município seguem como referência positiva em despesas com salários. Os vencimentos estão entre os menores dos legislativos municipais de Santa Catarina. Conforme o presidente da câmara, GUSTAVO LAWISCH, os baixos valores estão garantidos para os próximos quatro anos. Na sessão desta semana foi aprovado em primeira votação, por unanimidade, a fixação do subsídio mensal dos vereadores para o período de primeiro de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2024. LAWISCH afirma que o projeto sem reajuste para a próxima legislatura leva em consideração o momento da economia e a projeção de queda na arrecadação. Ele considera que a câmara de Tunápolis está fazendo sua parte e dando exemplo. Foi fixado valor mensal para os vereadores em dois mil e 32 reais. O presidente do Legislativo vai receber três mil e 48 reais.

Executivo também é referência positiva em termos de salários pagos. O presidente da câmara de Tunápolis destaca ainda que os salários do prefeito, vice-prefeito e secretários, também não serão reajustados nos próximos quatro anos. GUSTAVO LAWISCH informa que o valor pago para o cargo de prefeito foi estabelecido em 12 mil 895, para vice-prefeito seis mil 448 reais. Já os secretários municipais vão receber quatro mil 803 reais. LAWISCH observa que a única variação será de acordo com a inflação que será anualmente revisada com o mesmo índice e na mesma data em que for realizada a reposição geral da remuneração dos servidores do município. O projeto ainda necessita da segunda votação na próxima semana. O presidente do legislativo salienta que todos os vereadores são favoráveis ao controle rigoroso de gastos.

Galho de árvore sobre a pista provoca acidente na SC 496. O acidente ocorreu por volta das 19 horas e 15 minutos desta terça-feira, na SC 496 em Descanso. Conforme a Polícia Militar Rodoviária que atendeu a ocorrência, uma motocicleta Honda CG 160 START emplacada no município de Campo Erê, sofreu queda após se chocar em um galho de árvore caído sobre a rodovia. O motociclista, um homem de 27 anos, sofreu ferimentos leves. Os danos na motocicleta foram de pequena monta.

Colisão lateral deixa dois feridos na BR-163. Uma colisão mobilizou as guarnições do Corpo de Bombeiros de Dionísio Cerqueira e de São José do Cedro na manhã desta terça-feira, por volta das 10 horas e 45 minutos, na BR 163. A ocorrência foi na Linha Maria Preta, interior de Dionísio Cerqueira. A colisão lateral envolveu um caminhão Mercedes Benz de SMOeste, dirigido por um homem de 30 anos, e uma camionete de Dionísio Cerqueira, conduzida por um homem de 44 anos. Os dois motoristas foram encontrados fora dos veículos, apresentando escoriações leves. Eles foram avaliados e encaminhados ao hospital. No local do acidente, foi feito a lavagem da pista devido ao derramamento de óleo diesel, também foi feito, com o auxílio de um trator, uma barreira de contenção para que o óleo não fosse para dentro do rio.

PM apreende bicicletas usadas para transportar vinhos na fronteira. No final da tarde de ontem, na BR 163, durante mais uma ação da Operação Hórus, as equipes PM de Dionísio Cerqueira apreenderam duas bicicletas e várias garrafas de vinho provenientes da Argentina nas proximidades da Aduana de Cargas. As guarnições avistaram dois homens com duas bicicletas em uma área de mata. Ao perceberem a presença policial, os ciclistas abandonaram as bicicletas e fugiram em direção a Argentina. Foi constatado que ambas estavam com caixas de vinhos de origem argentina amarradas nas garupeiras. Com apoio da Guarnição Reforçada de Fronteira foram realizadas buscas no local e encontradas mais seis caixas de vinhos, todos de origem argentina escondidas na mata, totalizando 81 garrafas.

Homem com quase 40 boletins de ocorrência é preso por tráfico. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar próximo ao meio dia de ontem, na Rua Marco Domenico Orso em São Miguel do Oeste. Em ações contra o tráfico de drogas um homem foi visualizado com uma embalagem e posteriormente foi abordado, e no chão, ao lado dele, foi localizada uma sacola plástica de cor verde com uma porção de maconha pesando 136,7 gramas. Foi encontrado ainda com o homem outro pedaço de maconha enrolado em uma meia pesando 82.2 gramas, totalizando 218,9 gramas de maconha. O homem, que possuí 37 boletins de ocorrência, foi preso por tráfico e as drogas apreendidas.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.