ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco segunda-feira 23 03 2020

-BOLSONARO EDITA MP QUE PERMITE SUSPENSÃO DE CONTRATO DE TRABALHO POR 4 MESES

-INDÚSTRIAS NÃO ESSENCIAIS PODEM ATUAR COM ATÉ 50% DO PESSOAL EM SC

-VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE COMEÇA COM GRANDE PROCURA NA PRAÇA DO CENTRO

-NÚMERO DE MORADORES COM SINTOMAS RESPIRATÓRIO EM ISOLAMENTO SOBE PARA 32

-PRIMEIRO CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS EM SÃO MIGUEL DO OESTE É DESCARTADO

-HOMEM BALEADO PELA PM EM OCORRENCIA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA MORRE NA REGIÃO

-POLÍCIA CIVIL VAI INVESTIGAR CASO, MAS DELEGADO DIZ QUE PM AGIU EM LEGÍTIMA DEFESA

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de sol com algumas nuvens. A temperatura pode chegar a 32 graus. A mínima das últimas horas foi de 15 graus. Agora, na Central de Jornalismo da Peperi, ... graus. Umidade relativa do ar ... por cento.

A Bolsa de Valores de São Paulo abriu a segunda-feira em queda. O dólar paralelo está cotado a quatro reais e 70 centavos para a compra e cinco reais e 15 centavos para a venda. O euro está valendo cinco reais e 30 centavos para a compra e cinco reais e 60 centavos para a venda. Já o peso argentino está cotado a seis centavos para a compra e sete centavos para venda.

Mais de um bilhão de pessoas, em mais de 50 países ou territórios receberam recomendações das autoridades para que permaneçam confinadas em suas casas para combater a propagação da Covid-19, segundo uma base de dados da Agência France Press. Ao menos 34 países e territórios adotaram medidas de confinamento obrigatório para sua população, o que inclui mais de 659 milhões de pessoas.

Este é o caso da França, Itália e Argentina, assim como o estado da Califórnia nos Estados Unidos, Iraque ou Ruanda. A Grécia é o caso mais recente de país a entrar para a lista, a partir desta segunda-feira (23). Colômbia e Nova Zelândia adotarão a medida na terça-feira e quarta-feira, respectivamente.

As autoridades espanholas reconheceram neste domingo que quase três mil e 500 dos infectados pelo novo coronavírus são profissionais da saúde. O número é cerca de 12 por cento do total de casos de Covid-19 no país ibérico. O representante do Ministério da Saúde a Espanha, FERNANDO SIMÓN, disse em entrevista coletiva que dos mais de 28 mil e 500 positivos para coronavírus no país, três mil 475 são profissionais do setor da saúde. A rápida disseminação do vírus desafia o sistema de saúde espanhol, que enfrenta uma falta de capacidade de atendimento nas áreas mais afetadas, agravada pelas baixas entre os profissionais da saúde. A Espanha teve um aumento de 30 por cento no número de mortes por Covid-19 e o número de óbito é de quase mil e 800.

O governo do Chile anunciou um toque de recolher das dez da noite às cinco da manhã em todo território nacional, a partir deste domingo. A medida do presidente SEBASTIÁN PIÑERA visa conter o coronavírus no país, que já registra 632 casos confirmados até a manhã deste domingo. Uma senhora de 83 anos foi a primeira vítima da Covid-19 no país no sábado. O país tinha um plebiscito marcado para nova Constituição em abril, mas foi remarcado para outubro. No plano econômico, o presidente anunciou pacote de emergência de 11 bilhões e 700 milhões de dólares em combate a efeitos do coronavírus na economia.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram na manhã de hoje que foram confirmados mil 620 casos do novo coronavírus no Brasil em 26 estados e no Distrito Federal. São 25 mortes no Brasil, três no Rio de Janeiro e 22 em São Paulo. No sábado, o governador paulista JOÃO DORIA determinou quarentena, pelo período de 15 dias, a partir da próxima terça-feira até o dia sete de abril, para os 645 municípios do estado de São Paulo. A medida obriga o fechamento do comércio e mantém apenas os serviços essenciais, como nas áreas de Saúde e Segurança. A publicação do decreto será feita no Diário Oficial do estado.

O secretário de Vigilância em Saúde, WANDERSON OLIVEIRA, deu mais detalhes neste domingo sobre os novos testes rápidos para coronavírus que chegarão nas próximas semanas ao Brasil. OLIVEIRA reafirmou o que disse no sábado: que os profissionais de saúde terão prioridade nesses testes, que dão os resultado em minutos.O objetivo é verificar quais desses profissionais que tenham apresentado algum sintoma foram contaminados pelo coronavírus e quais podem retornar ao trabalho. No sábado, o Ministério da Saúde anunciou que comprará 10 milhões de testes rápidos para realizar exames do novo coronavírus em pacientes com sintomas leves. Segundo OLIVEIRA, um carregamento de cinco milhões será distribuído aos Estados ainda em março.

O presidente JAIR BOLSONARO editou uma medida provisória, publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite de domingo, que permite que contratos de trabalho e salários sejam suspensos por até quatro meses durante o período de calamidade pública. A medida é parte do conjunto de ações do governo federal para combater os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. O governo federal defende a proposta como forma de evitar demissões em massa. Com a MP, o empregador não precisará pagar salário no período de suspensão contratual, mas "poderá conceder ao empregado ajuda compensatória mensal" com valor negociado entre as partes. A suspensão dos contratos não dependerá de acordo ou convenção coletiva.

O governo de Santa Catarina fez um ajuste no decreto, publicado na semana passada com restrições de circulação por conta do novo coronavírus. As mudanças foram oficializadas em edição extra do Diário Oficial do Estado desta segunda-feira. Foram incluídos como serviços privados essenciais as padarias, mercearias, açougues e peixarias. Antes havia dúvidas quanto a estes tipos de serviços. Isso permite que estes estabelecimentos possam ficar abertos, assim como os supermercados, postos de combustíveis e farmácias. Outra mudanças diz respeito à indústrias. A partir das mudanças, o número de funcionários ficará limitado a 50 por cento do total de trabalhadores por turno. A exceção estará nas agroindústrias, indústrias de alimentos e indústrias de insumos para a saúde.

Subiu de 57 para 68 o número de casos confirmados de coronavírus em Santa Catarina, conforme boletim divulgado no início da noite deste domingo pelo Governo do Estado. Florianópolis manteve dez casos. Depois vêm Itajaí, Braço do Norte e Criciúma, com sete casos cada. Tubarão, Balneário Camboriú e Blumenau têm seis. Joinville tem quatro. São José tem três. Rancho Queimado, Imbituba e Chapecó têm dois. Jaguaruna, Jaraguá do Sul, Navegantes, Pomerode, Lages e Gravatal têm apenas um caso cada. Há também 410 casos suspeitos.

Mais de mil e 800 estabelecimentos foram fechados ou interditados pelos órgãos de segurança de Santa Catarina, em cumprimento aos decretos de emergência do governador CARLOS MOISÉS DA SILVA, que determinaram o fechamento de lojas comerciais e serviços não essenciais para contar o novo coronavírus. De acordo com o pronunciamento do governador na noite deste domingo, quando atualizou os números da doença no Estado, a Polícia Civil já fechou mil 735 estabelecimentos e três pessoas foram conduzidas para a delegacia. A Polícia Militar interditou 98 estabelecimentos, emitiu 672 notificações, atendeu 838 ocorrências e fez sete mil 256 intervenções, como por exemplo orientar pessoas que estavam jogando futebol no bairro Efapi, em Chapecó.

Um morador da Linha Fátima, interior de São Miguel do Oeste, denunciou a morte de peixes no riacho que corta a comunidade. Ele entrou em contato com a Peperi neste domingo e contou que a poluição no rio começou ainda na manhã de sábado. Ontem pela manhã, ele encontrou peixes mortos e uma substancia química na água. De acordo com ele, não é a primeira vez que o riacho é contaminado. O morador salientou que entrou em contato com a Polícia Militar Ambiental para relatar o problema. As fotos e vídeos da poluição e mortandade de peixes no riacho da Linha Fátima estão disponíveis no portal da Peperi na internet. De acordo com o comandante da Polícia Ambiental, capitão EVERTON RONCAGLIO, não foi possível identificar o ponto poluidor, mas a polícia está buscando a identificação e punição dos causadores da contaminação.

O Prefeito de São José do Cedro, PLINIO DE CASTRO decretou Situação de Emergência de Saúde Pública, para complementação de ações no plano local de enfrentamento da pandemia decorrente do Coronavírus. Ele explicou que a decisão está baseada na portaria do Ministro da Saúde LUIZ HENRIQUE MANDETTA que declara Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional em decorrência da Infecção pelo novo coronavírus. De acordo com o prefeito, a situação de emergência declarada nesta manhã estabelece algumas medidas, como por exemplo, a possibilidade de requisiçãobens e serviços de pessoas naturais e jurídicas, hipótese em que será garantido o pagamento posterior de indenização justa. Também fica autorizada a dispensa de licitação para aquisição de bens e serviços destinados ao enfrentamento da emergência.

Começou na manhã de hoje a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em São Miguel do Oeste. A imunização tem algumas alterações importantes por conta do coronavírus. Uma estrutura especial para vacinar as pessoas foi montada na área coberta da praça Walnir Botaro Daniel. Os profissionais estão usando máscaras e luvas. As pessoas, que fazem fila na praça, ficam a uma distância mínima umas das outras. O objetivo é evitar a aglomeração de pessoas no posto de saúde, reduzindo assimrisco de transmissão do vírus da Influenza e do coronavírus. A vacinação vai até o dia 22 de maio, de segunda a sexta-feira, das sete e meia da manhã as cinco da tarde, sem intervalo ao meio dia, e aos sábados, das oito da manhã ao meio-dia.

Um grande público esteve na praça Walnir Botaro Daniel para se imunizar contra a gripe na manhã desta segunda-feira. A primeira etapa da campanha prevê a vacinação das pessoas com mais de 60 anos e profissionais da saúde. A partir do dia 16 de abril, a imunização será estendida para professores das escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. A terceira etapa começa no dia nove de maio para crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade.

A campanha de imunização contra a gripe visa reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus. A explicação é do secretário de Saúde, LEONIR CARON. Neste ano, a vacinação foi antecipada em 30 dias, em razão da nova situação epidemiológica do país. Para receber a vacina, o paciente deve apresentar o Cartão SUS, o Cartão de Vacinas, documento que comprove a idade, documento que comprove atuação para professores, profissionais da saúde e das forças de segurança e salvamento, e prescrição médica para os portadores de doenças crônicas. O Dia D de mobilização nacional da campanha será realizado na data de nove de maio, somente na praça central, também das oito da manhã às cinco da tarde, sem intervalo ao meio dia.

As pessoas que estão nos grupos prioritários para a vacinação contra a gripe não precisam ir para a praça no primeiro dia da campanha. O alerta é do secretário de saúde, LEONIR CARON. Ele disse que as pessoas podem procurar o serviço ao longo da semana para evitar a aglomeração e o contato com outras pessoas. CARON citou que o momento é de muito cuidado e proteção. Ele orientou as pessoas a ficar o menor tempo possível na praça e ir direto para casa depois de receber o medicamento.

O número de casos de dengue em São Miguel do Oeste subiu para 45 neste final de semana. A informação foi confirmada na manhã de hoje pela Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com o secretário de saúde, LEONIR CARON, o aumento foi de mais de cem por cento em poucos dias. Na semana passada, eram 21 casos e agora são 45 pessoas com a doença. Desse total, 42 são autóctones, ou seja, forma contraída no município. Os outros três são importados: as pessoas saíra da cidade e voltaram com dengue para São Miguel do Oeste. Os pacientes que contraíram a doença residem nos bairros Estrela, São Luiz, São Jorge, Salete e São Sebastião. O município é considerado infestado pelo mosquito aedes aegypti

O aumento expressivo no número de casos de dengue preocupa a saúde do Município, que tem trabalhado incansavelmente na conscientização das pessoas e recolha de materiais em toda a cidade. A declaração é do secretário de Saúde, LEONIR CARON. Ele disse que o quadro está ficando cada vez mais grave. O coordenador da Dengue, CÉLIO SILVA, informou ainda que 124 casos foram notificados neste ano. 61 deles foram descartados e 19 ainda estão em investigação aguardando o resultado dos exames de laboratório. CELIO reforçou que as pessoas precisam se conscientizar e cuidar de suas residências e comércios, pois os moradores de todos os bairros correm risco de adquirir a doença. A cidade ainda tem casos suspeitos de febre chikungunya e zika vírus, doenças que também são transmitidas pelo mesmo mosquito.

A população de São Miguel do Oeste está seguindo as recomendações do decreto do governo do estado e as ruas ficaram vazias no primeiro final de semana da quarentena. A reportagem da Peperi circulou pelas ruas na tarde de ontem e encontrou poucas pessoas fora de casa. As praças, principais locais onde as pessoas se reuniam para tomar chimarrão e confraternizar, ficaram vazias, atendendo o decreto estadual que proíbe aglomerações nesses espaços. Outro ponto que marcou o domingo foi a não abertura dos mercados, o que favoreceu para que as pessoas não saíssem de suas casas. De acordo com decreto do prefeito WILSON TREVISAN, os mercados vão funcionar de segunda a sábado, das nove da manhã as seis da tarde. No domingo, as lojas ficarão fechadas.

Ao todo, mil e 77 internos foram colocados em liberdade em todo o Estado, atendendo determinação judicial. A decisão foi tomada pelo Poder Judiciário devido ao ambiente de risco para proliferação do coronavírus, dentro das prisões. Em São Miguel do Oeste, 24 presos foram liberados ainda na sexta-feira. A informação foi confirmada pelo administrador da Unidade Prisional Avançada, ANDRÉ DE OLIVEIRA. De acordo com ele, entre os presos colocados em liberdade estão detentos com mais de 60 anos e do regime semi-aberto.Ele explicou que alguns presos foram soltos mas terão que usar tornozeleira e ficar em regime domiciliar por 90 dias. Já os presos do semi-aberto receberam 30 dias de liberação. Segundo André, eles já tem direito a 35 dias por ano de saída temporária e esse benefício foi concedido agora, de uma única vez, em razão do coronavírus.

Com o avanço do coronavírus, a Unidade Prisional Avançada passou a adotar algumas medidas para conter a disseminação do vírus na cadeia. De acordo com o administrador da unidade, ANDRE DE OLIVEIRA, as visitas externas foram canceladas. Os agentes passaram a usar máscaras e luvas e o trabalho de higienização dos espaços foi intensificado. Os presos que ingressaram na unidade passam por uma triagem e ficam em celas separadas por 14 dias antes de ter contato com os demais detentos. ANDRÉ disse que as transferências entre as cadeias foram suspensas na última semana.

O Comitê de Acompanhamento de Isolamento e Quarentena do coronavírus de São Miguel do Oeste confirmou na manhã deste domingo que o número de pessoas com sintomas respiratórios em isolamento domiciliar subiu para 32. Até sábado, cerca de 20 moradores que apresentaram sintomas leves como febre, tosse e coriza estavam com a recomendação de isolamento. Entre o sábado e o domingo, mais 12 pessoas com esses sintomas passaram a ser monitoradas pelo comitê. Esses moradores procuraram atendimento médico e foram orientados a permanecer em casa por 14 dias. Os profissionais do Comitê de Acompanhamento de Isolamento e Quarentena fazem contato diário com essas pessoas para acompanhar a evolução do quadro de saúde delas. O monitoramento é feito por telefone para evitar o contato pessoal entre os profissionais da saúde e os moradores que apresentam sintomas respiratórios.

Nenhum paciente com sintomas do novo coronavírus está em internação hospitalar no município. A informação é do enfermeiro da Vigilância Epidemiológica, MARCOS BORTOLANZA. Ele destacou que as pessoas que em isolamento domiciliar receberam essa recomendação porque esse é o protocolo adotado pelo Ministério da Saúde. Os sintomáticos respiratórios que estão em casa NÃO são casos considerados suspeitos. BORTOLANZA explicou que o isolamento domiciliar é uma medida preventiva para evitar que os sintomas se agravem ou que o vírus seja transmitido para outras pessoas. O enfermeiro destacou que todos os cuidados preventivos são necessários, já que o município também é considerado como de contaminação comunitária. Ele disse que o vírus está circulando e o melhor que as pessoas podem fazer para colaborar é não saírem de casa.

O Comitê de Crise do Coronavírus em São Miguel do Oeste confirmou que o resultado do primeiro caso suspeito de coronavírus da cidade deu negativo para a doença. A Vigilância Epidemiológica Municipal recebeu o resultado do Laboratório Centro do estado na tarde deste domingo. As amostras coletadas no homem de 31 anos que buscou atendimento na noite da última segunda-feira apontaram que ele não era portador da doença. O paciente foi atendido no Hospital Regional e colocado em isolamento domiciliar. O outro caso considerado suspeito, de uma mulher de 23 anos que foi internada em um hospital da cidade, ainda aguarda o resultado do Lacen. A orientação continua sendo para que todos permaneçam em suas casas e busquem atendimento médico em caso de febre persistente, que dure entre 24 e 48 horas, e falta de ar. Os riscos de contaminação ainda são significativos.9

A semana começa com um grande questionamento: será que o decreto que fechou o comercio por sete dias será renovado ou vai terminar nesta quarta-feira? Neste final de semana, o prefeito de Chapecó, LUCIANO BULIGON, que é do mesmo partido do governador falou sobre isso em coletiva de imprensa e foi direto no assunto. Para ele, a quarentena vai continuar.

A Polícia Militar de Dionísio Cerqueira atendeu uma ocorrência de assalto neste domingo nas proximidades do Ginásio do Bairro Cohab. O crime aconteceu por volta das oito e meia da noite quando um rapaz foi abordado por homens armados com um pé-de-cabra. Eles ameaçaram a vítima e roubaram um aparelho de celular. A dupla fugiu e abandonou o telefone em uma obras em construção. A Polícia Militar realizou buscas, mas os suspeitos não foram localizados. O telefone roubado foi devolvido ao proprietário.

As câmeras de videomonitoramento flagraram dois homens invadindo uma obras em construção no centro de São Miguel do Oeste na madrugada deste domingo. De acordo com o empresário PAULO KORB, essa foi a terceira invasão em menos de 30 dias. Segundo ele, em uma das oportunidades, os ladrões levaram alguns materiais da obra. Neste domingo, o alarme foi acionado e os homens fugiram antes da chegada da Polícia Militar. O vídeo mostra que um dos homens está carregando um botijão de gás que provavelmente seja oriundo de furto. A Polícia Militar realizou buscas, mas não encontrou os suspeitos.

Um homem que foi baleado pela Polícia Militar de Mondaí durante uma ocorrência de violência doméstica morreu momentos antes de ser transferido ao Hospital Regional. O fato aconteceu na tarde de sábado na rua Teobaldo Brust, nas proximidades da Indústria de Móveis Henn. De acordo com a Polícia Militar, o homem teria se desentendido com a companheira. Uma guarnição foi até o local e o homem teria investido contra os Policiais com um facão. A PM diz que foram usados meios adequados para conter o suspeito, como por exemplo, pistola de imobilização e balas de borracha. Como o homem não parou, um policial acabou atirando no suspeito. Ele foi conduzido ao hospital de Mondaí pela ambulância do município e seria transferido para o Hospital Regional Teresinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste pelo helicóptero do SaerFron, que chegou a ir ao município. Quando ele estava sendo preparado pela equipe médica para a transferência, acabou morrendo, ainda no hospital de Mondaí.

A Polícia Civil vai investigar a morte de um homem provocada por um policial militar em serviço m no município de Mondaí. Ainda no sábado, dia dos fatos, o Delegado de Polícia plantonista procedeu a inquirição de três testemunhas, além dos dois policiais militares que atenderam a ocorrência. Também foi realizada a perícia criminal no local, identificados e apreendidos objetos relacionados aos fatos, como facão, faca e cápsulas, além da verificação de imagens de circuito interno de monitoramento de empresas das proximidades. O delegado de polícia não lavrou a prisão em flagrante do PM autor do disparo porque entendeu que ele agiu em agiu em legítima defesa e se apresentou espontaneamente depois dos fatos. Foi instaurado Inquérito Policial para formalizar a investigação. A PM também informou que vai abrir um procedimento para apurar os fatos.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.