ÁUDIOS
Globo em Foco - Itapiranga - AM

Globo em Foco Itapiranga - 21/05/2020

GLOBO EM FOCO – 21/05/20

-STF HOMOLOGA ACORDO PARA COMPENSAR ESTADOS POR PERDAS COM LEI KANDIR

-COMISSÃO APROVA PEDIDO DE AFASTAMENTO DO SECRETÁRIO DE SAÚDE

-ITAPIRANGA CONFIRMA MAIS DOIS CASOS DE COVID-19

-BANCADA DO OESTE TERÁ REUNIÃO COM EMPRESÁRIOS DA REGIÃO

-CÂMARA DE ITAPIRANGA REGISTRA REDUÇÃO DE DESPESAS

-EPAGRI AVALIA APROVEITAMENTO DE POÇOS PROFUNDOS NA REGIÃO

-POLÍCIA APREENDE MAIS DE DOIS MIL QUILOS DE DROGAS EM DUAS ABORDAGENS

-QUATRO PESSOAS FICAM FERIDAS EM DOIS ACIDENTES EM ITAPIRANGA

O Tempo em Itapiranga apresenta-se nublados e estável. A previsão para as próximas horas é de sol com aumento de nuvens. A temperatura máxima registrada ontem em Itapiranga foi de 29 graus.

O dólar paralelo está cotado a cinco reais e 50 centavos para a compra e cinco reais e 85 centavos para a venda. O euro está valendo seis reais para a compra e seis reais e 50 centavos para a venda. Já o peso argentino está cotado a cinco centavos para a compra e seis centavos para venda.

A Universidade de Cambridge, uma das mais tradicionais do Reino Unido, tornou-se uma das primeiras do mundo a anunciar que todas as suas aulas serão ministradas online no próximo ano acadêmico, em 2021, por causa da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito pela instituição nesta quarta-feira. A universidade, que fechou seus campi para estudantes em março depois que o governo britânico introduziu um bloqueio rigoroso para conter a disseminação da Covid-19, anunciou que o ensino será ministrado virtualmente até o verão de 2021.

O ministro da Saúde da Bolívia, MARCELO NAVAJAS, foi detido nesta quarta-feira por suspeita de irregularidades na compra de respiradores para pacientes de Covid-19 no país. Ele foi afastado do cargo pela presidente interina do país, JEANINE AÑEZ, para "evitar qualquer interferência no trabalho da Justiça", de acordo com a ministra da Comunicação, ISABEL FERNÁNDEZ. As supostas irregularidades se referem ao preço pago por 170 respiradores, que teriam sido comprados da empresa espanhola GPA Innova por 27 mil 683 dólares cada, quando o preço de fábrica, sem custos de distribuição, seria de sete mil 194. Nesta quarta, o governo boliviano anunciou que irá congelar o pagamento dos 50 por cento restantes na compra dos respiradores.

A Colômbia seguiu os passos da Argentina e impôs, nesta quarta-feira, uma das proibições de viagem mais rigorosas para combater o coronavírus, informando que nenhum voo internacional de passageiros será permitido até 31 de agosto. A Argentina tomou medida semelhante neste mês, e também proibiu voos domésticos. A Colômbia proibiu voos domésticos apenas até o final de junho. A decisão da Argentina provocou indignação entre as companhias aéreas do país, mas até agora o governo não mudou de ideia. Além de Colômbia e Argentina, Peru, Equador, El Salvador e Panamá também suspenderam todos os voos e estenderam repetidamente essas proibições à medida que a doença se espalhava. Voos de carga são permitidos.

O Senado aprovou por unanimidade, em sessão remota nesta quarta-feira, projeto que obriga planos de saúde e seguros de vida a cobrirem os casos de doença e morte provocados pelo novo coronavírus. O texto segue para a Câmara. Para virar lei, além da confirmação dos deputados, a proposta necessitará da sanção presidencial. O projeto altera uma lei, criada este ano, que estabelece medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus. Um dos artigos da lei obriga órgãos dos governos federal, estadual e municipal a compartilharem entre si dados de identificação de pessoas infectadas ou com suspeita de terem contraído a covid-19, doença provocada pelo coronavírus. A relatora do texto, senadora LEILA BARROS do PSB, incluiu nesse artigo a previsão de que o seguro de assistência médica e o de vida terão de cobrir casos de doenças disseminadas em contexto de pandemia, como a do coronavírus.

O Exame Nacional do Ensino Médio será adiado "de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais", de acordo com decisão do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e do Ministério da Educação. A decisão ocorre depois de o governo enfrentar questionamentos judicias cobrando o adiamento da prova por causa dos efeitos da pandemia da Covid-19, que levaram escolas a suspender as aulas presenciais. As novas datas não foram divulgadas. Mesmo com o adiamento, o calendário das inscrições segue o mesmo. O prazo para se inscrever no Enem foi aberto no dia 11 de maio e vai até amanhã.

O Supremo Tribunal Federal decidiu homologar, nesta quarta-feira, o acordo elaborado por representantes de estados e da União para colocar fim a uma divergência de 24 anos sobre a Lei Kandir. Os termos foram definidos em uma Comissão Especial de Conciliação, montada para debater o tema. Segundo o ministro GILMAR MENDES, que levou a questão ao plenário, chegou-se a um consenso, e a homologação põe a questão jurídica “a termo”. Conforme a decisão, caberá ao Congresso Nacional deliberar sobre um anteprojeto de lei complementar, a ser encaminhado pela União no prazo de até 60 dias. Pelo acordo fechado na noite de terça, a União deve repassar até 65 bilhões de reais até 2037 para estados e municípios. Em troca do repasse, todas as ações protocoladas na Justiça pelos estados contra a União, e relacionadas à Lei Kandir, serão retiradas.

A Vigilância Sanitária de Santa Catarina determinou que a BRF faça testes para coronavírus em todos os cinco mil 740 trabalhadores do frigorífico de Concórdia, no Oeste do estado. Os funcionários que tiverem resultado positivo para Covid-19 precisarão ser afastados. O Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina informou nesta quarta-feira que 144 empregados já foram confirmados com a doença desde o início da pandemia. O Sindicato da Alimentação de Concórdia e Região afirmou que a empresa já está fazendo testes em funcionários que apresentem algum sintoma da doença e que nos próximos dias deve começar a fazer o exame em todos os trabalhadores.

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou na tarde desta quarta-feira um pedido de afastamento do Secretário de Estado da Saúde, ANDRÉ MOTTA RIBEIRO. A autoria da solicitação é da comissão especial da Alesc que acompanha os gastos do governo com a pandemia do coronavírus. Segundo ela, o secretário participou da compra por parte do estado dos 200 respiradores por 33 milhões com dispensa de licitação. Essa aquisição é investigada pelos deputados em uma Comissão Parlamentar de Inquérito. O governador CARLOS MOISÉS se manifestou sobre o pedido em coletiva na noite desta quarta. Ele afirmou que talvez seja um momento inadequado já que o estado está no meio de uma pandemia. O governador afirmou que não dá para politizar esse tipo de movimento no estado.

O governador de Santa Catarina, CARLOS MOISÉS, anunciou em pronunciamento na noite desta quarta-feira o retorno das cirurgias e consultas eletivas. Haverá regras, que devem ser publicadas em portaria no Diário Oficial do Estado. As cirurgias eletivas estavam suspensas desde 17 de março. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, ANDRÉ MOTTA, as regras para a volta das cirurgias eletivas estão relacionadas à capacidade dos hospitais. Dos mil 210 leitos de Unidade de Terapia Intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 702 ocupados, sendo 92 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação geral é de 58 por cento e há 508 leitos vagos atualmente. A ocupação dos leitos reservados para Covid-19 é de 13 por cento.

Itapiranga confirma mais dois casos de Covid-19. Município já possui seis casos de novo Coronavírus. No boletim informativo do final da tarde de ontem foram relatados mais dois exames realizados pelo laboratório Lacen de Florianópolis. Conforme o secretário de Saúde, DAVINO RAUBER, são estudantes de outro município que residem na cidade de Itapiranga e possuem idade de 18 e 21 anos. O secretário destaca que os pacientes estão em monitoramento e isolamento domiciliar recebendo atenção dos profissionais da saúde do município. Itapiranga já registrou 154 casos suspeitos, sendo 146 descartados, seis confirmados e três já recuperados.

Bombeiros alertam sobre crescimento no número de incêndios na região. O décimo segundo batalhão do Corpo de Bombeiros de SMOeste e que atende a 28 municípios da região Extremo Oeste catarinense divulgou nesta terça-feira, que nos últimos 30 dias houve um crescimento expressivo no número de incêndios. Em comparação com 2019, houve um aumento de 316,67% no número de incêndios. Conforme o batalhão, se comparado a todo o ano de 2020, de janeiro até hoje, o aumento representa 81,75%. Segundo o Corpo de Bombeiros, nesse total estão incluídas ocorrências de incêndio em vegetação, edificações, veículos e outros meios.

Nos últimos dias foi constatado um aumento significativo tanto nos incêndios florestais quanto nos residenciais. Os incêndios em vegetação cresceram 256,6% neste ano enquanto os em edificações atingiram 15,7% a mais do que no ano passado. Somente nos últimos 30 dias, os incêndios estruturais cresceram 127,30%. O Corpo de Bombeiros alerta ainda que esses números chamam a atenção quanto à necessidade de conscientização da população sobre como prevenir e evitar incêndios de qualquer natureza, pois são medidas simples no comportamento da comunidade que podem salvar vidas e proteger patrimônios.

Pagamento do auxílio emergencial aos agricultores é vetado pelo governo federal. O coordenador da micro região Três Fronteiras dos Sindicatos dos Trabalhadores da Agricultura Familiar, VANDERLEY RUTCOSKI, destaca que a categoria apresentou aos governos do estado e federal, uma pauta reivindicando auxílios aos agricultores diante das dificuldades impostas pela pandemia e a estiagem. RUTCOSKI cita entre as pautas, a inclusão dos agricultores que recebem até 28 mil reais de rendimento por ano, no auxílio emergencial do governo federal. Após votação na Câmara dos Deputados e no Senado, o presidente destaca que o pagamento do auxílio aos agricultores, e outros profissionais que também se enquadrariam, foi vetado pelo presidente na última quinta-feira. Ele lamenta que famílias agricultoras que conseguiram acessar o benefício estão tendo problemas previdenciários.

Agora, a luta da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura, Contag e da Fetaesc junto com os sindicatos, é que o projeto retorne ao Senado, para derrubar o veto do presidente e assim obter a aprovação. O coordenador da micro região Três Fronteiras dos Sindicatos dos Trabalhadores da Agricultura Familiar comenta que o auxílio de 600 reais atenderia aqueles agricultores com renda menor. VANDERLEY RUTCOSKI destaca que para os demais agricultores, que possuem rendimento maior e estabelecimentos estruturados, foi conquistada a renegociação de dívidas, de custeio ou investimento,da agricultura familiar junto as instituições bancárias. O presidente explica que em municípios que decretaram situação de emergência devido a estiagem será disponibilizado um custeio de 20 mil reais, para pagamento em três anos com juros de 4.6%.

Período de pandemia contribui para redução de despesas da câmara de vereadores de Itapiranga. O legislativo do município também adota medidas para reduzir custos na rotina de atividades. O presidente da câmara, ALEXANDRE SIQUEIRA informa que o atendimento segue normal nas formas presencial e virtual. Ele destaca a eficiência na gestão administrativo e legislativa com zelo pelo dinheiro público. SIQUEIRA cita economia no sistema eletrônico utilizado pela câmara de vereadores e a eficiência nas divulgações de ações. O maior impacto está na redução de custos com viagens e diária. O presidente reconhece que isso ocorre também em decorrência de não serem realizados eventos de capacitação dos vereadores que costumam comparecer em eventos na capital e outras cidades de Santa Catarina. SIQUEIRA observa que medidas foram adotadas a partir do início do ano para proporcionar economia nos recursos públicos.

Já na parte legislativa, o presidente diz que focou em agilizar trabalhos com votação ágil sem usar do prazo máximo estabelecido. Com isso foi possível atender as demandas do município sem acumular projetos. ALEXANDRE SIQUEIRA diz que o projeto de suplementação para construção de um muro no complexo educacional em Santa Fé Alta teve a votação adiada a pedido do líder do governo na câmara. SIQUEIRA critica a lentidão das obras no projeto do Complexo Educacional de Santa Fé Alta. A construção de escola, ginásio de esportes e creche iniciou na administração anterior e no momento o atraso é significativo. O vereador diz que o investimento será de mais de cinco milhões de reais com recursos do governo federal e contrapartida do município.

Após anulação de edital, Tunápolis readéqua projeto de energia solar. De acordo com o prefeito, RENATO PAULATA, o projeto para produção de energia fotovoltaica foi elaborado há mais de um ano, tendo como base o alto consumo de energia elétrica que o município possui, principalmente para recalque das águas do Rio Peperi Guaçu. O prefeito cita que a despesa que o município possui atualmente com energia elétrica é de 55 a 60 mil reais por mês. Com o projeto de energia solar, PAULATA cita que a projeção era de uma economia de 50%. Segundo o prefeito, a tomada e preços estava lançada e a abertura da licitação estava prevista para a última semana, quando o município foi surpreendido pela representação de uma empresa do Mato Grosso, que pediu a anulação do edital junto ao Tribunal de Contas do estado, porque o município exigia a visita de um profissional habilitado, representante da empresa, como condição para participar da licitação.

O Tribunal de Contas entendeu que esta condição poderia prejudicar a participação na licitação de empresas mais distantes a Tunápolis, e anulou o processo. O prefeito, RENATO PAULATA, justifica que a equipe técnica entende que esta visita de um profissional habilitado se faz necessária para que a obra possa ser executada com qualidade. O projeto define que os geradores sejam instalados em três ginásios. No total são mil painéis solares. O prefeito comenta que nesta quarta-feira o município concluiu a readequação do edital, para nova publicação, atendendo a liminar do tribunal de Contas. PAULATA diz que o município tem pressa para que a obra possa ser iniciada antes do período eleitoral.

O prefeito de Tunápolis lembra que o congresso nacional iniciou a discussão sobre a possibilidade do adiamento das eleições, de outubro para novembro ou dezembro. RENATO PAULATA afirma que isso cria uma grande insegurança aos municípios, principalmente pela necessidade do afastamento de servidores que querem concorrer à eleição e o início de obras públicas com recursos do estado ou da união, o que não pode ocorrer no período eleitoral. Ele acredita que o congresso vai votar pelo adiamento das eleições, mas para que ocorram ainda em 2020. PAULATA comenta que a situação da pandemia dificulta inclusive a tomada de decisões quanto à questão política, e no momento os partidos discutem internamente quanto aos futuros candidatos para as eleições municipais.

RENATO PAULATA também lamenta a demora na sanção do projeto que prevê a recomposição das perdas que municípios tiveram com o repasse de impostos. O projeto aguarda pela sanção há cerca de três semanas. Tunápolis, por exemplo, tem de 280 a 300 mil reais a menos de receitas nos meses de abril e maio em comparação ao mesmo período de 2019. O município espera uma recomposição de quatro parcelas de 150 mil. O prefeito diz que além da demora na sanção, o presidente anunciou ainda que pretende se reunir com os governadores para definir alguns critérios antes da lei entrar em vigor, o que pode atrasar ainda mais o processo.

Bancada do Oeste terá reunião com empresários da região para debater investimentos do estado. Encontro online será na próxima quinta-feira. Conforme a deputada MARLENE FENGLER, a pauta surgiu por sugestão dos empresários preocupados com os problemas financeiros causados pela pandemia. A parlamentar diz que o Estado precisa apresentar um plano de ações para socorrer empresas mais afetadas pelas paralisações. MARLENE cobra a definição de um caminho para conter a queda de arrecadação e aumento do desemprego. Segundo a deputada, é preciso união do poder público com a iniciativa privada para minimizar a crise. A reunião da próxima quinta-feira será às 17 horas e visa principalmente receber as principais demandas após dois meses turbulência que afetam o setor produtivo.

Deputada afirma que ajuda do Governo Estadual é insuficiente. MARLENE FENGLER cita como exemplo a disponibilidade de 50 milhões de reais por parte do Badesc, valor que já se esgotou. A parlamentar reconhece a importância da isenção de impostos, prorrogação de prazo para pagamentos, porém são ações que não salvam as empresas, indústrias e agronegócios que precisa de apoio maior. Pequenas empresas que tiveram que parar suas atividades não possuem dinheiro guardado para suportar três meses quase sem arrecadação. De acordo com MARLENE, parcelar financiamento é importante, mas insuficiente e por isso o Estado precisa pagar juros adicionais na prorrogação de empréstimos. A deputada lembra que a queda na produção e rendimento do setor empresarial afeta diretamente os municípios, estados e o país que dependem do retorno de impostos.

Epagri trabalha para tornar mais eficiente o sistema de abastecimento de água no interior. Na tarde de hoje será realizada uma reunião com a equipe regional da Epagri visando a operação dos programas que são disponibilizados. A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina busca meios mais eficientes de garantir água nas propriedades agrícolas. Segundo o gerente regional da Epagri SIDINEI SIMON, a falta de chuva gera grande preocupação. Salienta que nascentes que eram a principal fonte de água estão secas por falta de chuva de maior volume. Observa que as pastagens na maioria dos municípios estão tendo bom desenvolvimento com as chuvas que ocorrem. SIMON diz que é preciso ter uma atenção especial com os poços profundos, conhecidos como poços artesianos. Lembra que a região possui quantidade grande de poços improdutivos. Perfurações com mais de 100 metros de profundidade e sem água que garanta abastecimento da propriedade.

Incentivos ao setor agrícolas precisam ser bem analisados. Gerente regional da Epagri defende aplicação com critério e planejamento. O governo estadual disponibiliza programa que concede 25 mil reais para agricultura familiar visando investimento na preservação de água, abertura de fontes, canalização e abertura de poços profundos. Os encaminhamentos devem ser feitos nos escritórios da Epagri do município. SIDINEI SIMON defende a construção de cisternas como meio mais eficiente de garantir água para os animais. Ele lembra que este ano a região teve 580 milímetros de chuva abaixo da média, porém cisternas de até um milhão de litros são capazes de garantir o abastecimento em período de estiagem. SIMON afirma que o planejamento a longo prazo é a única solução, pois no momento são adotadas medidas paliativas. Ele observa que cresce o número de produtores investindo alto em reservatórios de água que devem reduzir os problemas causados por estiagens.

Casal perde mil reais com golpe do falso sequestro em SMOeste. O fato foi registrado por volta das sete horas desta terça-feira. Conforme a Polícia Militar, as vítimas relataram que receberam uma ligação às cinco horas da madrugada com um homem falando que havia sequestrado a filha do casal, que mora em outra cidade. Eles disseram que uma mulher começou a falar no telefone, fingindo ser a suposta filha sequestrada. De acordo com o casal, os estelionatários pediram ainda 20 mil para soltar a jovem que seria a filha das vítimas. Segundo eles, como não possuíam o valor solicitado, acabaram efetuando um depósito de mil reais na conta dos criminosos. A Polícia Militar confeccionou o Boletim de Ocorrência com os dados do depósito. A PM também entrou em contato com a suposta sequestrada, a qual afirmou que estava bem, confirmando dessa forma, o golpe do falso sequestro.

Casa é parcialmente destruída pelo fogo. Os bombeiros de SMOeste foram acionados por volta das oito horas da manhã de ontem para atender incêndio em residência no interior de Paraíso. A equipe se deslocou até a linha Entre Rios, assentamento Três Passos. Chegando ao local, de difícil acesso, os bombeiros encontraram uma residência de alvenaria, medindo aproximadamente nove metros por 11, parcialmente consumida pelas chamas. Havia poucos focos de incêndio na estrutura. Após a extinção do fogo foi efetuado rescaldo e uma levantamento. A casa não tinha moradores e o proprietário acompanhou os trabalhos.

Mais de 670 produtos em desacordo com a lei são apreendidos em Descanso e responsável é preso. Após informações recebidas pela delegacia dando conta da fabricação e comercialização de produtos sem a devida autorização da ANVISA, nesta quarta-feira Policiais Civis e Vigilância Sanitária realizaram vistoria em estabelecimento comercial do município. No local foram apreendidos 676 produtos expostos à venda cujas embalagens estavam em desacordo com a lei. Os produtos não apresentavam todas as informações exigidas como nome do produto, marca, número de registro do produto, lote, prazo de validade, conteúdo, fabricante, modo de uso, advertências e restrições de uso, ingredientes e composição. O produto também deve apresentar outros requisitos para à venda, embalagem e rotulagem, dos produtos, para que se evite, por exemplo, partes que possam ser destacadas das embalagens e engolidas e ainda de constituintes tóxicos.

Polícia e VISA também constataram que quantidade significativa dos produtos não possuía qualquer autorização para a fabricação, tornando-os impróprios ao consumo, conforme o Código de Defesa do Consumidor. As exigências da ANVISA tem por finalidade promover a proteção da saúde da população, por intermédio do controle sanitário da produção e consumo de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária, a fim de garantir que o produto não constitui risco à saúde quando utilizado. Ou seja, não há garantia do órgão regulador que um produto sem autorização de fabricação ou exposto à venda em desacordo, cumpra as exigências de proteção à saúde. O responsável pelo local foi preso por crime contra as relações de consumo, cuja pena é de dois a cinco anos.

Polícia Rodoviária Federal apreende bitrem com cerca de duas toneladas de maconha. Policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de combate ao crime na tarde de ontem na BR 282, em Maravilha, quanto por volta das 16 horas abordaram um bitrem de Dois Vizinhos, Paraná. Segundo o motorista, o veículo estava vazio, mas os policiais desconfiaram da versão dada pelo motorista e realizaram uma fiscalização detalhada no veículo. A documentação estava correta, porém quando os policiais verificaram os semirreboques, constataram grande quantidade de fardos de maconha embaixo da lona. O motorista, 35 anos, com identidade de Rondônia e habilitação do Espírito Santo, afirmou que trazia a droga do Paraná e iria entregar no Rio Grande do Sul, mas não sabia o local. A Polícia Civil apoiou a ação da PRF. Foram encontrados dois mil e 100 kg de maconha. O motorista foi preso e encaminhado para a delegacia de Maravilha.

PRF apreende crack e prende dois homens na BR 163. Policiais rodoviários federais do Grupo de Operação com Cães apreenderam na tarde desta quarta-feira, na BR 163 em Guaraciaba, 71,4 quilos de crack, subproduto da cocaína e altamente viciante. Durante fiscalização em um Ford Cargo placas de São Paulo, os cães farejadores Billy e Baster deram sinal positivo para a presença de algum entorpecente próximo à caixa de comida do veículo. A droga estava escondida em fundos falsos que somente puderam ser abertos com auxílio de ferramentas. O motorista e o passageiro disseram que buscaram a droga em Cascavel, Paraná, e a levariam até a região sul de SC. Eles foram encaminhados à delegacia de Guaraciaba, e vão responder por tráfico de drogas.

Crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes tem redução superior a 40%. De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública, de janeiro até esta quarta-feira, foram registrados 675 estupros contra menores. No mesmo período do ano passado foram mil 121 ocorrências. Em SMOeste a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, também atendeu menos ocorrências desta natureza. De acordo com a delegada, LISIANE JUNGES, até esta quarta-feira, a DPCAMI atuou em oito casos de violência sexual contra menores em 2020, já em 2019, foram 15 casos, uma redução maior que 40%. Esta queda no registro está ligada ao isolamento social, que contribuiu para a redução nos índices de violência em todas as áreas do Estado, mas que traz preocupação aos órgãos de segurança pública.

A responsável pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso destaca que os crimes sexuais não escolhem lugar para acontecer e que a delegacia recebe denúncias sobre possíveis ocorrências deste tipo. LISIANE JUNGES afirma que a autoridade policial trabalha como demanda prioritária na investigação e elucidação desses crimes. A delegada comenta que quando uma criança ou adolescente é vítima de violência sexual, por muitas vezes não consegue sozinha denunciar ou buscar ajuda. Ela lembra que é de suma importância que havendo alguma suspeita a Polícia Civil seja informada para fazer a investigação e descobrir se existe crime ou não. Estas denúncias ou dúvidas devem ser feitas e esclarecidas através do 49 3622-6546, que também é Whatsapp, ou através do 181, disk denúncia da Polícia Civil.

Dois acidentes na SC 163 deixa três vítimas com lesões graves.

Por volta das 17 horas de ontem o Corpo de Bombeiro de Itapiranga foi acionado para atender acidente de trânsito na SC 163 no acesso a área indústria, próximo a cidade de Itapiranga. Ocorreu atropelamento de trabalhadores da operação tapa buracos seguido de colisão de motocicleta em caminhão. O condutor da motocicleta Honda Biz de Itapiranga se deparou com trabalhadores de uma empresa que faziam o trabalho de tapa buracos na pista. Dois foram atingidos pela motocicleta que em seguida se chocou com o caminha Ford Cargo da empresa. O condutor da moto, um homem de 30 anos apresentava fratura nos dois braços. Um funcionário da empresa, 49 anos apresentava fratura exposta na perna direita. Outro trabalhador, 38 anos, sofreu escoriações pelo rosto e um corte próximo a orelha. As três vítimas foram conduzidas ao hospital Sagrada Família.

Engavetamento de carros e motocicleta deixa homem ferido. Foi logo após o acidente de trânsito na SC 163 em Itapiranga envolvendo funcionários de empresa que realiza operação tapa buracos. Com o trânsito parado nos dois sentidos, o motorista de um Gol, não conseguiu parar e atingiu uma motocicleta Honda Falcon que foi arremessada contra um Fiat Argo. Os três veículos são de Itapiranga. O condutor da motocicleta, um homem de 36 anos, teve ferimentos na face e escoriações nos braços e pernas. A vítima foi conduzida ao hospital Sagrada Família. Nenhum ocupante dos carros teve ferimentos. Devido aos dois acidentes teve congestionamento com longas filas nos dois sentidos da SC 163.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.