ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco sexta-feira 15 03 2019

-CRIMES LIGADOS A CAIXA DOIS IRÃO PARA JUSTIÇA ELEITORAL

-VENDAS DO COMÉRCIO CRESCEM 8,4% EM JANEIRO NO ESTADO

-DEPUTADOS SUGEREM VERSÃO COMPARTILHADA EM ESCOLAS DO ESTADO

-MUNICÍPIO JÁ ARRECADOU TRÊS MILHÕES E MEIO COM O IPTU

-VEREADORES REJEITAM HORÁRIO LIVRE POR 11 VOTOS A UM

-PRE PRENDE HOMEM CONDENADO A MAIS DE 28 ANOS DE PRISÃO

-POLÍCIA CIVIL INVESTIGA CRIMES COMETIDOS PELAS REDES SOCIAIS


O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de pancada de chuva isolada. A temperatura pode chegar a 28 graus. A mínima das últimas horas foi de 17 graus. Agora, na Central de Jornalismo da Peperi, ... graus. Umidade relativa do ar ... por cento.


A Bolsa de Valores de São Paulo abriu a sexta-feira em alta. O dólar paralelo está cotado em três reais e 80 centavos para a compra e quatro reais para a venda. O euro está valendo quatro reais e 40 centavos para a compra e quatro reais e 65 centavos para a venda. Já o peso argentino está cotado a nove centavos para a compra e 11 centavos para venda.


O ciclone tropical Idai causou pelo menos 122 mortes e deixou mais de um milhão pessoas afetadas em Moçambique e no Malaui desde o começo de março. Em Moçambique, 66 pessoas morreram, 111 ficaram feridas e 141 mil já foram afetadas por inundações provocadas pelo Idai desde o começo do mês. No país vizinho, 56 morreram, 577 ficaram feridos e 922 mil 900 pessoas foram afetadas pelos danos gerados pelo ciclone.


Ataques a tiros simultâneos contra duas mesquitas na Nova Zelândia, deixaram 49 mortos e 48 feridos nesta sexta-feira. As autoridades ainda não divulgaram as identidades das vítimas e dos assassinos. Quatro pessoas envolvidas nos ataques foram detidas: três homens e uma mulher. A polícia local informou, porém, que não está descartada a hipótese de que outros criminosos estejam envolvidos.


O Senado norte-americano se uniu à Câmara dos Deputados nesta quinta-feira ao derrubar a declaração de emergência nacional na fronteira sul feita pelo presidente DONALD TRUMP no dia 15 de fevereiro. O Senado votou por 59 a 41 votos para derrubar a emergência. TRUMP já afirmou que vai vetar a medida. Uma emergência nacional daria a TRUMP a permissão para usar fundos federais sem aprovação do Congresso, inclusive, para construção de um muro na fronteira com o México.



A Câmara dos Deputados criou duas comissões parlamentares de inquérito nesta quinta-feira. Uma das CPIs vai investigar a tragédia em Brumadinho. Em janeiro, uma barragem da mineradora Vale rompeu na cidade, levando uma enxurrada de lama à região e provocando cerca de 200 mortes. A outra CPI será responsável por apurar, conforme o requerimento, supostos "atos ilícitos e irregulares" praticados no BNDES. Com a criação das CPIs, os partidos políticos agora devem indicar quais parlamentares vão compor as comissões.


O presidente do Senado, DAVI ALCOLUMBRE afirmou que assinará nesta quinta-feira o ato para criar a comissão da Casa que acompanhará a tramitação da reforma da Previdência. De acordo com ALCOLUMBRE, a comissão especial será formada por nove senadores. O colegiado será presidido por OTTO ALENCAR do PSD da Bahia e o relator será TASSO JEREISSATI do PSDB do Ceará. O objetivo é acompanhar a reforma, mesmo antes do texto ir para o Senado. Nesta quarta, foi instalada a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, por onde a reforma vai começar a tramitar.


O Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira, por seis votos a cinco, que crimes eleitorais como o caixa 2, que tenham sido cometidos em conexão com outros crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, devem ser enviados à Justiça Eleitoral. Integrantes da Operação Lava Jato, em Curitiba, criticaram a decisão, afirmando que não há estrutura para processos mais complexos na justiça eleitoral. Segundo os procuradores, isso pode levar à maior demora no julgamento de processos e no risco de prescrições, além da anulação de atos já realizados pela Justiça Federal.


O número de pacientes que tiveram dengue em 2019 no estado chegou a 27. O dado está no boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica divulgado nesta quinta-feira. O caso de morte por dengue foi descartado após exames feitos no Laboratório de Saúde Pública, o Lacen. Do total de 27, 14 casos foram contraídos dentro de Santa Catarina e 12 pacientes foram infectados em outros estados. Um caso não teve a origem comprovada. Neste ano, Santa Catarina confirmou oito mil 172 focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, em 153 municípios. 77 cidades são consideradas infestadas pelo inseto.


O volume de vendas do comércio catarinense cresceu oito vírgula quatro por cento em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado e três ponto oito frente ao mês anterior, dezembro. Em 12 meses, acumulou alta de sete e meio por cento, quase quatro vezes mais do que a média nacional. O volume do varejo ampliado de Santa Catarina, que inclui móveis e materiais de construção, subiu sete por cento em janeiro deste ano na comparação com janeiro do ano passado.


Santa Catarina fechou janeiro com produção industrial zero vírgula oito maior frente ao mês anterior e alta de um vírgula dois por cento na comparação com o mesmo mês do ano passado. O Brasil, em média, teve queda na produção industrial. Nos últimos 12 meses, o setor cresceu três vírgula seis por cento no Estado. O crescimento da produção industrial de Santa Catarina foi puxado pelos setores de máquinas e equipamentos com 18 por cento de aumento e produtos de metalque subiram 11 e meio.


O dia Mundial do Rim é o tema do Peperi Rádio Repórter deste sábado. O programa vai receber o médico nefrologista, GELSON DOS SANTOS. Ele vai falar sobre a importância da prevenção e a gravidade das doenças renais. Nesta semana, ele fez uma palestra sobre o tema. GELSON é responsável pela Clínica Renal do Extremo-oeste. O Peperi Rádio Repórter começa às 11 horas com a repercussão das notícias da semana. A entrevista sobre o Dia mundial do Rim começa às 11 e meia.


O Peperi Debates deste sábado vai aprofundar a discussão proposta pela Conferencia Municipal da Saúde deste ano. O programa de amanhã vai debater o acesso ao serviços de saúde, a eficiência, cobertura e financiamento do Sistema Único de Saúde. Quais são as falhas e o que pode ser feito pelo município, estado e união para melhorar o atendimento da população. O debate vai contar com a participação do secretário de Saúde, LEONIR CARON, do médico ANTONIO DUARTE e do presidente do Conselho Municipal de Saúde, DIOGO SPENGLER. O Peperi Debates, ao vivo, começa as oito horas da manhã.


A conferencia municipal de saúde foi aberta na manhã de hoje no auditório do Colégio Jesus Maria José. O tema da conferencia deste ano é "Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”. Pela manhã ocorreram as três palestras dos eixos temáticos e agora à tarde os participantes vão apontar as propostas para melhorar a saúde pública no município. Ao final do evento também serão eleitos quatro delegados que vão representar o município nas etapas estadual e nacional das conferencias em Florianópolis e Brasília.


O pagamento do IPTU em cota única ou primeira parcela vence nesta sexta-feira. O prazo foi prorrogado para hoje em razão do ataque promovido por hackers no sistema de dados da prefeitura. O imposto, que deveria ser pago na segunda-feira, teve a data postergada para hoje. O pagamento pode ser feito nos bancos ou em lotéricas. De acordo com o secretário de Administração e Finanças, ALENCAR BARBIERI, o município já arrecadou três milhões e meio de reais. Ao todo, a prefeitura pode arrecadarcerca de nove milhões de reais com o IPTU. Neste ano, foram emitidos mais de 18 mil carnês de imóveis tributados.


Os deputados estaduais, ANA CAMPAGNOLO e ONIR MOCELIN, ambos do PSL defenderam nesta semana a gestão compartilhada das escolas estaduais entre a secretaria de Educação e a de Segurança Pública. Os parlamentares apresentaram uma indicação ao governador do estado, CARLOS MOISÉS DA SILVA. O deputado ONIR MOCELIN comentou a ideia ontem à tarde na Peperi. Ele disse que tem essa visão de ensino há bastante tempo. Agora, ele quer propor um debate com a sociedade catarinense para analisar essa forma de gestão compartilhada entre educação e órgãos de segurança para as escolas públicas do estado. A ideia é colocar pelo menos uma escola com essa gestão em cada município.


A gestão compartilhada seria um caminho alternativo para melhorar a educação no estado de Santa Catarina. O comentário é do deputado estadual, ONIR MOCELIN. Ele disse que a PM não tem condições de expandir o número de colégios militares no estado e a saída seria uma parceria com a Educação. MOCELIN destacou que o modelo já foi apresentado para a secretária estadual de Educação, SIMONE SCHRAMM. De acordo com ele, o sistema compartilhado já existe em Brasília, por exemplo. O deputado disse que a proposta foi vista com bons olhos pela secretária e pela equipe de governo de CARLOS MOISÉS DA SILVA.


No modelo de gestão compartilhada defendido pelo deputado ONIR MOCELIN, os professores continuariam desempenhando suas funções normalmente. De acordo com ele, os educadores vão continuar exercendo o mesmo papel e a Segurança Pública seria responsável pela segurança e disciplina dos espaços, garantindo mais tranquilidade para professores e alunos. MOCELIN explicou que a ideia é chamar os policiais e bombeiros aposentados para auxiliar nesse processo. A intenção dele é aprofundar esse debate e levar a gestão compartilhada para as escolas que tem interesse em adotar o sistema.


As secretarias de Educação e de Segurança Pública tem funções e estruturas de atuação distantes. O comentário é do coordenador do Sinte, ALDOIR KRAEMMER. Ele disse que existe um movimento de militarização das escolas pelo país, mas esse debate está um pouco distorcido. O professor comentou que os problemas decorrentes desse processo, como a seleção de alunos, não estão sendo divulgados. KRAEMMER disse que a segurança das escolas é uma questão grave, mas ele não concorda com a ideia de uma gestão compartilhada entre segurança pública e educação. Em entrevista para a Peperi, ele disse não adianta inventar medidas mirabolantes se o estado não consegue fazer o mínimo que é garantir professores para as escolas.


A bancada do oeste realizou um novo encontro nesta quarta-feira em Florianópolis. Foi o primeiro depois da audiência inicial com o governador CARLOS MOISES. A reunião de ontem contou com a participação do secretário de Infraestrutura, CARLOS HASLLER. Um dos assuntos da pauta foi a obra de ampliação do aeroporto de Chapecó. Ficou definido que a prefeitura de Chapecó fará um aditivo no contrato com a empresa paulista responsável pela formulação do projeto de modernização e ampliação da estrutura. O aditivo permitirá que a empresa faça ajustes no projeto básico, transformando-o em projeto executivo. O secretário garantiu que depois disso, o Estado vai liberar a contrapartida de dois milhões e cem mil para tocar a obra.


Os deputados da região também discutiram com o secretário estadual de infraestrutura a situação do aeroporto de São Miguel do Oeste. Durante o encontro, o deputado MAURICIO ESKUDLARK citou a importância da ampliação da largura da pista para pouso e decolagem de aviões maiores. O secretário disse que não tem conhecimento mais detalhado sobre essa questão, mas disse que o estado vai se envolver com esse pedido. A coordenadora da bancada do oeste, MARLENE FENGLER disse ontem na Peperi que os parlamentares da região vão defender esse tema e buscar recursos para investimentos no aeroporto de São Miguel.


Outro tema do encontro entre os deputados da região e o secretário de infraestrutura foi a recuperação das rodovias estaduais. A coordenadora da bancada do oeste, MARLENE FENGLER disse que o secretário informou que vai aplicar dois milhões de reais por mês em operações tapa-buraco em todo o estado, valor que ela considera insuficiente. Ela disse que a bancada vai cobrar mais investimentos na região, mas sabe que em razão da falta de recursos do estado, dificilmente vai levar.

A câmara de vereadores aprovou nesta quinta-feira o pedido para instalação de uma Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência. A moção é de autoria dos vereadores GIBERTO BERTE, EVERALDO DI BERTI, MARIA TEREZA CAPRA e SILVIA KUHN. De acordo com eles, a estrutura está prevista na lei Maria da Penha e é necessária em razão do aumento da violência contra a mulher. Os vereadores afirmaram que o abrigo vai garantir uma efetiva proteção para as vítimas de violência doméstica. A moção será enviada para o prefeito e para os governos federal e estadual.


Os vereadores aprovaram nesta quinta-feira a correção anual dos salários para os servidores da câmara. A revisão inflacionária corresponde ao INPC de março do ano passado até fevereiro deste ano. O índice foi de três vírgula 88 por cento, mais um ganho real de zero vírgula 62 por cento. Dessa forma, os servidores da câmara terão um reajuste de quatro e meio por cento. Já os vereadores vão receber apenas a correção da inflação. O projeto foi aprovado em segunda votação na manhã de hoje e os novos valores entram em vigor a partir deste mês de março.


O projeto que estabelece horário livre para as empresas do município foi rejeitado pelos vereadores nesta quinta-feira. A matéria, de autoria do poder executivo, teve onze votos contrários e apenas uma favor. Somente o vereador do PR, MILTON ANONI foi a favor da proposta. A redação prevê que "é livre o horário de funcionamento, de abertura e fechamento dos estabelecimentos industriais, comerciais e prestadores de serviços no Município de São Miguel do Oeste". O vereador do PSD, ELIAS ARAUJO ainda pediu vistas para evitar a votação mas não conseguiu. A segunda votação está marcada para a próxima terça-feira, as sete horas da noite.


O vereador MILTON ANONI explicou hoje na Peperi porque foi o único vereador a votar a favor do horário livre para o comércio. Ele disse que defende essa proposta há mais tempo e que a medida para beneficiar a todos, inclusive os pequenos estabelecimentos. O vereador do PR citou que as empresas devem ter a liberdade para escolher o horário de funcionamento e que a medida resultaria em aumento de vendas e na geração de empregos na cidade. Ele afirmou que a rejeição do projeto pode criar uma situação ainda mais difícil para as pequenas empresas de bairros, já que a taxa para abertura em horário especial continua valendo.


Mais de cem pessoas acompanharam a sessão da câmara de vereadores e se manifestaram contra o projeto do horário livre. O grupo, formado por trabalhadores do comércio, cobrou a rejeição da matéria. De acordo com a mesa diretora da casa, nenhum dos presentes na plateia se colocou a favor do projeto. O vereador MILTON ANONI, único a votar a favor, disse que ficou surpreso com a posição de alguns vereadores que mudaram de opinião e votaram pela rejeição da matéria.


A Polícia Militar de Campo Ere fez uma apreensão de cigarros do Paragaui nesta quinta-feira no bairro Mello. A guarnição da PM fazia visitas preventivas no comércio local, quando avistou um comerciante tentando esconder uma caixa de papelão. Os policiais revistaram a empresa e encontraram uma caixa com cigarros do Paraguai. A mercadoria foi apreendida e o comerciante pode ser responsabilizado pela venda de produtos contrabandeados.


A Polícia Rodoviária Estadual prendeu um homem condenado a 28 anos de prisão nesta quinta-feira. Em uma barreira na SC 157, a PRE de São Lourenço do Oeste abordou um caminhão Mercedez Benz emplacado em Primavera do Leste. Durante a consulta da documentação foi verificado que o veículo possui restrição judicial e também foi verificada a existência de um mandado de prisão ativo contra o motorista, um homem de 53 anos. Ele foi condenado 28 anos, seis meses e 20 dias de prisão em regime fechado. O homem foi preso e levado para o presídio de Xanxerê.


A Polícia Civil apreendeu equipamentos eletrônicos de um homem suspeito de difamação e ameaças nas redes sociais. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em duas residências do suspeito, uma em Brusque e outra em Florianópolis. De acordo com o delegado WESLEY DE SOUZA, a investigação começou com um boletim ocorrência por violência doméstica em setembro do ano passado na delegacia da Palma Sola. O delegado explicou que o suspeito utilizava redes sociais com perfis falsos para difamar e ameaçar a vítima. Nas buscas, foram apreendidos diversos equipamentos eletrônicos e o suspeito, de 51 anos, confessou a autoria dos crimes. Além desse caso, a Polícia Civil de Palma Sola tem outros procedimentos desse tipo em tramitação.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.