ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco sábado 09 11 19

-LULA DEIXA PRISÃO, AGRADECE MILITANTES E CRITICA LAVA-JATO

-SC É O ESTADO COM MENOS ADOLESCENTES FORA DA ESCOLA NO PAÍS

-INSCRIÇÕES PARA OFICINAS DE CULTURA DE 2020 COMEÇAM EM DEZEMBRO

-MUNICÍPIO TEM TRÊS FAMILIAS ACOLHEDORAS APTAS PARA RECEBER MENORES

-EPAGRI PREPARA LANÇAMENTO DA CAMPANHA “USE CHAPEU”

-HOMEM FICA FERIDO EM ACIDENTE DE TRABALHO COM CAMINHÃO

-BOMBEIROS LOCALIZAM CORPO DE ESTUDANTE DESAPARECIDO NO RIO URUGUAI

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de pancada de chuva isolada. A temperatura pode chegar a 30 graus. A mínima das últimas horas foi de 18 graus.

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou a sexta-feira em alta. O dólar paralelo está cotado a quatro reais para a compra e quatro reais e 20 centavos para a venda. O euro está valendo quatro reais e 50 centavos para a compra e quatro reais e 80 centavos para a venda. Já o peso argentino está cotado a seis centavos para a compra e sete centavos para venda.

A Espanha realiza neste domingo sua segunda eleição geral este ano, a quarta em quatro anos. Mais uma vez um partido deve sair vencedor, mas sem conseguir a maioria no Parlamento para determinar quem será o primeiro-ministro, que na Espanha é chamado de presidente do governo. As pesquisas apontam que o Partido Socialista Obrero Español deve repetir a vitória que obteve em 28 de abril, mas conquistar ainda menos assentos. Isso tornará mais difícil para o atual primeiro-ministro interino, PEDRO SÁNCHEZ, formar um governo.

Policiais de três unidades na Bolívia iniciaram motim nesta sexta-feira contra a repressão a opositores de EVO MORALES. Os grupos se recusam a reprimir as manifestações contra o presidente, reeleito em outubro para um quarto mandato consecutivo após eleições contestadas por opositores. Os motins ocorreram nas unidades policiais das cidades de Cochabamba, Sucre e

Santa Cruz. Além disso, manifestantes saudaram policiais em La Paz, onde protestos contra EVO MORALES ocorreram na noite de ontem.

Milhares de pessoas voltaram às ruas de diversas cidades no Chile nesta sexta-feira. Apesar de a maioria dos protestos ocorrer de forma pacífica, segundo a imprensa chilena, a capital Santiago viu novas cenas de vandalismo e violência causados por manifestantes mascarados. Cerca de 75 mil manifestantes se reuniam pacificamente, um grupo ateou fogo na sede da Universidade Pedro de Valdivia. Os protestos começaram em razão de alta dos preços dos combustíveis e foram ganhando outra motivações sociais, políticas e econômicas contra o governo de SEBASTIAN PIÑERA.

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados retomará na próxima segunda-feira a análise das propostas de emenda à Constituição que buscam viabilizar a execução da condenação após decisão judicial em segunda instância. Cabe à CCJ votar a admissibilidade das PECs, portanto, analisar se a proposta está de acordo com a Constituição. O conteúdo do texto será analisado posteriormente, em outra comissão. No Senado, a presidente da CCJ, SIMONE TEBET, afirmou nesta sexta-feira que também vai pautar o assunto. Ela disse que vai colocar em discussão no colegiado PEC de autoria do senador ORIOVISTO GUIMARÃES do Podemos. O texto do Senado insere o seguinte trecho no artigo 93 da Constituição: "a decisão condenatória proferida por órgãos colegiados deve ser executada imediatamente, independentemente do cabimento de eventuais recursos".

O ex-ministro JOSÉ DIRCEU deixou a prisão na noite desta sexta-feira, após determinação da Justiça do Paraná. A decisão é da juíza ANA CAROLINA BARTOLAMEI RAMOS, da Vara de Execuções Penais de Curitiba. O ex-ministro tem duas condenações na Operação Lava Jato por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa, em maio de 2016. O ex-governador de Minas EDUARDO AZEREDO, preso desde maio do ano passado, também foi solto no início da noite desta sexta-feira. Ele havia sido preso após condenação em segunda instância no TJ de Minas Gerais no processo do mensalão tucano em Minas. Eles foram soltos com base na decisão do STF que reafirmou a posição de a prisão de condenados só pode ocorrer depois que o processo transitar em julgado e não houver mais possibilidade de recursos.

O ex-presidente da República LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA deixou a prisão em Curitiba após decisão do Supremo Tribunal Federal, nesta sexta-feira. Ele estava preso desde 7 de abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal. LULA saiu do local por volta das cinco e 40 da tarde e fez um discurso no qual agradeceu a militantes que ficaram em vigília por 580 dias , dizendo que eles eram "o alimento da democracia que precisava para resistir à canalhice do lado podre do Estado brasileiro, da Justiça, do Ministério Público, da Polícia Federal e da Receita Federal". LULA também criticou o procurador DELTAN DALLAGNOL e o ex-juiz da operação, SÉRGIO MORO, atual ministro da Justiça. O ex-presidente também afirmou ter "vontade de provar que este país pode ser muito melhor na hora em que tiver um governo que não minta tanto quanto o BOLSONARO.

Neste domingo, ocorre o segundo e último dia de provas do Enem 2019. Os candidatos vão responder perguntas de ciências da natureza e matemática. Pelo menos 85 mil estudantes devem voltar a realizar o exame em Santa Catarina. Os portões dos locais de prova abrem ao meio-dia e fecham a uma da tarde. O Enem 2019 teve abstenção de 22 vírgula sete por cento em Santa Catarina no primeiro dia das provas, realizadas em três de novembro. Os dados foram divulgados pelo Inep. O percentual de ausências corresponde a 25 mil 133 mil pessoas que não fizeram as provas. No entanto, os dados são menores que a média nacional, que foi de 23 por cento.

O Governo do Estado vai leiloar oito imóveis, entre apartamentos e terrenos, sem interesse para uso público em diferentes municípios catarinenses. Os lances serão feitos de forma presencial no dia quatro de dezembro na sede da Secretaria de Estado da Administração, em Florianópolis. A previsão é arrecadar mais de um milhão e 300 mil reais com as vendas. Todos os terrenos e apartamentos estão desocupados e prontos para serem transferidos, informou o governo. Os interessados em conhecer os imóveis nos municípios de Araranguá, Ascurra, Balneário Piçarras, Gravatal, Lages e São José do Cedro poderão agendar visitas na sede da Secretaria da Administração e conhecer presencialmente os locais entre os dias 25 e 27 de novembro.

Dados da Síntese de Indicadores Sociais do IBGE, divulgados nesta semana, apontam que Santa Catarina, em 2018, era o estado brasileiro com menor percentual de adolescentes de 15 a 17 anos que não frequentavam a escola. O índice de evasão no estado ficou em sete vírgula oito por cento. No Brasil, essa proporção era de 11 vírgula oito por cento. Santa Catarina também registrou o menor índice nacional de pessoas entre 15 e 29 anos que não estudam nem estão ocupadas que foi de 14 vírgula um por cento em 2018. No Brasil, a média era de 23 por cento. A capital catarinense foi a que alcançou o menor índice entre as demais do país, com a marca de 11 por cento dos jovens sem estudo e sem ocupação.

Uma forte chuva acompanhada de vento e granizo atingiu algumas comunidades de São José do Cedro no final da tarde de ontem. O temporal aconteceu por volta das cinco horas da tarde. O granizo foi registrado n região dos distritos de Padre Réus e Mariflor. Houve queda de árvores em estradas e propriedades. Os maiores prejuízos foram registrados nas lavouras de milho e fumo. As fotos dos estragos causados pelo temporal estão no portal da Peperi na internet.

O Peperi Debates deste sábado discutiu o contexto de liberdade econômica e os impactos para a abertura de novas empresas. Além do governo federal, o estado de Santa Catarina e a prefeitura de São Miguel do Oeste estão mudando regras e alterando legislações para reduzir a burocracia e flexibilizar a abertura dos empreendimentos. O programa analisou o efeito prático e as consequências desse momento. O debate contou com a presença da procuradora do município, BARBARA RODRIGUES, do presidente da Acismo, AIRTON MOSS, do consultor do Sebrae, MIGUEL GARRIDO e com a contadora PAMELA SCHONS. As fotos e o áudio do programa estão disponíveis no portal da Peperi na internet.

A administração de São Miguel do Oeste adotou medidas e editou decretos para reduzir a intervenção do poder público e permitir que os empreendedores abram seus negócios e comecem a trabalhar. A afirmação é da procuradora do município, BARBARA RODRIGUES. Ela disse que em 2017, o município editou o decreto do alvará no tempo certo para emissão dos alvarás em cinco dias, mas percebeu que só isso seria insuficiente. Em seguida, o município autorizou a renovação dos alvarás temporários a cada 60 dias e, neste ano, editou um novo decreto com base na MP da Liberdade Econômica e também liberou o horário de funcionamento das empresas. Para BARBARA, hoje está muito mais fácil e rápido para abrir uma empresa, mas é importante lembrar que a responsabilidade e os riscos do empreendimento está cada vez mais com o empresário.

A agilidade e a flexibilização para novos empreendimentos é uma necessidade e uma reivindicação antiga de entidades como a Acismo. O comentário é do presidente da associação empresarial, AIRTON MOSS. Ele ressaltou, no entanto, que o contexto da liberdade econômica escancarou demais e pode representar um risco para a sociedade e para a própria classe empresarial. De acordo com MOSS, a abertura geral permite que aventureiros abram empresas de qualquer jeito, criando uma concorrência desleal. O presidente da Acismo disse que não havia a necessidade de abrir tanto o leque e que algumas questões e exigencias deveriam ser mantidas. MOSS citou que houve um avanço progressivo, já que não dava para admitir que uma empresa levasse um ano para obter licenças e autorizações. Ele disse que o estado deve fiscalizar e punir empresários que se aproveitam das facilidades para abrirem empresas de qualquer jeito.

O contexto da liberdade econômica, com leis e medidas federais, estaduais e municipais, representa uma evolução para a abertura de novas empresas. A declaração é do analista técnico do Sebrae, MIGUEL GARRIDO. Ele disse que houve uma desburocratização e flexibilização para os pequenos empreendimentos, mas ainda é preciso ver se esse modelo vai funcionar com a mesma rapidez para a abertura de grandes empresas. MIGUEL fez uma ressalva e ressaltou a importância do planejamento para os novos negócios. Ele disse que muitas pessoas acabam abrindo empresas sem o conhecimento mínimo necessário de gestão e administração. O contexto de liberdade econômica pode favorecer a abertura de negócios sem muito planejamento e isso pode ser um problema. MIGUEL destacou que, mesmo assim, é preciso trabalhar com a lógica de reduzir os obstáculos para quem quer empreender no país.

A realidade atual para a abertura de novas empresas é muito diferente do quadro de alguns anos atrás. A observação é da contadora e integrante do núcleo de contadores da Acismo, PAMELA SCHONS. Ela disse que o tempo de espera, que era de 60 a 90 dias para ter o alvará na mão, caiu para menos de uma semana. PAMELA comentou que o empresário ficar pagando aluguel, querendo contratar e não poder abrir as portas é um quadro de atraso para a economia do município. Na visão da contadora, a aceleração do processo é bom para todas a partes. Ela ressaltou, no entanto, que é preciso planejamento para evitar problemas no futuro. PAMELA disse que não só querer abrir a empresa, é preciso se preparar para que o negócio que tenha continuidade.

A Epagri de Bandeirante vai realizar neste mês de novembro dois eventos voltados aos agricultores do município. A informação é do extensionista do escritório local, JOSÉ CLOVIS MOREIRA. De acordo com ele, trata-se do Dia de Campo e do lançamento de mais uma campanha “Use chapéu e tenha mais Saúde”. Conforme MOREIRA, o dia de campo já é tradicional no município e visa reunir as famílias, especialmente as produtoras de leite para uma troca de experiência e conhecimento. Segundo ele, o encontro também serve para repassar informações sobre a cadeia produtiva de leite.

Os dois eventos em Bandeirante vão ocorrer no próximo dia 21 deste mês, uma quinta-feira. A afirmação é do extensionista da Epagri do município, JOSÉ CLOVIS MOREIRA. Ele destacou que a programação está marcada para iniciar a uma hora da tarde na propriedade da família de VALDECIR VENIG, na comunidade de Linha Gaspar, interior de Bandeirante. MOREIRA ressaltou que entre os assuntos debatidos no dia de campo estão a alimentação para a produção de leite e produção de leite com qualidade. O Extensionista disse que o momento também vai servir para debater questões sobre as instalações e também sobre o manejo correto dos animais.

Mais de 80 por cento das famílias do município de Bandeirante tem sua principal fonte de renda concentrada na produção de leite. O comentário é do extensionista da Epagri local, JOSÉ CLOVIS MOREIRA. Ele ressaltou que a programação contará com dois especialistas abordando sobre o tema. MOREIRA enfatizou ainda que em paralelo será realizado o lançamento da campanha “Use chapéu e tenha mais Saúde”. O profissional lembrou que está é a décima quarta edição no município e visa sensibilizar e orientar as pessoas sobre os cuidados quanto ao câncer de pele. MOREIRA enfatizou que toda a programação será na comunidade de Linha Gaspar, na propriedade de VALDECIR VENIG.

As oficinas culturais oferecidas gratuitamente no município serão encerradas até o dia 30 deste mês. A informação é do secretário de Cultura, CARLOS CHAVES. Na quarta-feira, houve o encerramento da ofician de teatro com uma apresentação no auditório da Escola Municipal Emma Balke. O evento contou com a presença de pais, familiares e população em geral. Na próxima quarta-feira vai ocorrer uma apresentação da Oficina de Piano e, no dia 28, no mesmo local, uma apresentação dos alunos da Oficina de Canto Vocal. No dia 24, no Palco Aberto, vão apresentar os alunos das Oficinas de Violão, Teclado, Acordeon e Percussão. Até o dia 30 serão encerradas todas as atividades e aulas das oficinas da Secretaria.

Mais de mil e 400 pessoas participaram das oficinas culturais do município. De acordo com o secretário de Cultura, CARLOS CHAVES, o número é expressivo envolve desde crianças até idosos. Ele lembrou que as oficinas são uma forma de aprender sobre uma determinada arte ou atividade para fins de lazer, entretenimento ou fonte de renda, já que muitas pessoas transforma o conhecimento em uma atividade profissional. O objetivo, segundo CHAVES, é manter o mesmo número de alunos para o ano que vem.As inscrições para as Oficinas 2020 serão realizadas a partir do dia 10 de dezembro de 2019, na Secretaria.

A CCO da Faismo realizou na manhã de hoje um pedágio para divulgação feira que começa na próxima quinta-feira no parque Rineu Gransotto. A entrega de adesivos e material impresso com a programação do evento ocorreu no calçadão da Almirante Tamandaré. Membros da CCO abordaram motoristas e pedestres para falar sobre a feira e repassar o material de divulgação da Faismo. Essa foi a última grande ação de publicidade da feira antes da abertura oficial. A partir de segunda-feira, a CCO vai se instalar no parque com plantão presencial para auxiliar os expositores que vão participar da feira deste ano.

A Secretaria de Assistência Social de São Miguel do Oeste promoveu nesta sexta-feira, o primeiro Seminário Municipal dos Serviços de Acolhimento Familiar e Institucional. O evento aconteceu no auditório da Escola Municipal Emma Balke. O encontro foi realizado com o objetivo de abordar os serviços de acolhimento do município e difundir conhecimento com a rede de atendimento sobre as situações que desencadeiam acolhimentos de crianças e adolescentes. Outra meta do encontro foi romper os paradigmas em relação às crianças e adolescentes em situação de afastamento da família biológica por determinação judicial. Atualmente, o município tem o acolhimento institucional, que ocorre no Abrigo Cantinho Acolhedor, e o modelo de família acolhedora.

O primeiro Seminário Municipal dos Serviços de Acolhimento Familiar e Institucional foi voltado a todos os profissionais que atuam nas políticas públicas de Assistência Social, Saúde, Educação, Cultura, Esporte e Lazer. O evento também reuniu os representantes do Ministério Público e Poder Judiciário. Durante o Seminário, o psicólogo WILLIAM LIMA, especialista em Direitos Fundamentais da Família, Criança e Adolescente vai abordou o processo de acolhimento em instituição e em famílias acolhedoras. WILLIAM atuou por 12 anos em um Serviço de Acolhimento Institucional. De acordo com a coordenadora do Abrigo Institucional, FRANCIELE DA SILVA, o evento foi positivo porque serviu para esclarecer dúvidas dos profissionais que atuam na área da infância e juventude no município.

O abrigo institucional Cantinho Acolhedor tem 14 crianças e adolescentes acolhidas e apenas uma está em processo de adoção. A informação é da diretora do abrigo, FRANCIELE DA SILVA. Ela explicou que os outros 13 menores estão em processo de reintegração a família de origem. De acordo com FRANCIELE, o principal objetivo do abrigo e do poder judiciário é que resolver o problema que resultou no afastamento da criança do convívio com pais e que ela volte para casa. A adoção é sempre a última opção. FRANCIELE citou que os menores que estão no abrigo foram vítimas de violações de direitos.

São Miguel do Oeste já conta com três famílias aptas a receber crianças e adolescentes retiradas do poder dos pais por determinação judicial. Elas participaram de uma capacitação e fazem parte da outra forma de acolhimento previsto na legislação que é a família acolhedora. Uma delas, inclusive, está com uma criança acolhida. De acordo com a diretora do Abrigo Institucional, a partir de agora a família acolhedora passa a ser a primeira opção de encaminhamento das crianças e adolescentes retiradas de casa como medida judicial de proteção. O abrigo agora é a segunda opção. FRANCIELE disse que o objetivo das famílias acolhedoras é receber, cuidar e evitar que esse momento seja traumático para os menores que deixam de morar provisoriamente com a família biológica.

Um homem ficou ferido em um acidente de trabalho na tarde de ontem, na Linha Veado, interior de Mondaí. O Corpo de Bombeiros de Iporã do Oeste foi acionado para atender o homem de 48 anos. Segundo relato do filho da vítima, o homem estava fazendo um serviço de manutenção embaixo de um caminhão, quando o veículo teria ficado sem freio. Ele chegou a ser arrastado pelo veículo. Segundo os bombeiros, o trabalhador teve hematomas no tórax, suspeita de fratura na costela e escoriações. Após atendimento no hospital de Mondaí, o homem foi encaminhado ao hospital regional de São Miguel do Oeste.

As equipes de buscas do estudante que sumiu nas água do Rio Uruguai localizaram a embarcação que afundou na noite de quarta-feira. O barquinho foi localizado a cerca de dois quilômetros do local do acidente, que ocorreu na travessia de Itapiranga para Barra do Guarita, no porto da barca. A embarcação tinha 13 passageiros e o piloto. Todos conseguiram se salvar, menos o estudante de Agronomia da Uceff de Itapiranga, ANDREI FRANCHINI, de 19 anos. Desde quinta-feira, cerca de 25 profissionais do Corpo de Bombeiros e da Marinha estão envolvidos no trabalho de buscas do estudante. O trabalho foi retomado no começo da manhã deste sábado.

O corpo do estudante desaparecido no rio Uruguai foi localizado na manhã deste sábado. ANDREI FRANCHINI foi encontrado por volta das nove horas da manhã por uma das equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e da Marinha. O corpo do estudante estava a aproximadamente mil e 600 metros do local onde o barco virou na última quarta-feira O cadáver foi retirado na margem gaúcha do Rio Uruguai e levado para o IML. ANDREI estava Agronomia na Uceff e morava com a família em Vista Gaúcha, município que fica a cerca de 20 quilômetros do rio Uruguai na divisa com Santa Catarina.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.