ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco segunda-feira 06 07 2020

-CAIXA LIBERA PARCELA DE MIL REAIS DO FGTS PARA NASCIDOS EM FEVEIREIRO

-ENTIDADES EMPRESARIAIS PEDEM POSTERGAÇÃO DO ICMS APÓS PASSAGEM DE CICLONE

-PARÓQUIA SÃO MIGUEL ARCANJO RETOMA MISSAS COM PRESENÇA DO PÚBLICO

-80 POR CENTO DOS AGRICULTORES FORAM ATENDIDOS PELA EPAGRI REGIONAL EM 2019

-MUNICÍPIO RETOMA TESTAGEM DA POPULAÇÃO ASSINTOMÁTICA PARA COVID

-ACIDENTE ENTRE CARROS E MOTOS DEIXAM TRÊS PESSOAS FERIDAS

-GRUPO É DETIDO COM DROGAS PELA QUARTA VEZ EM MENOS DE UM MÊS

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de nebulosidade variável e chuva isolada. A temperatura pode chegar a 19 graus. A mínima das últimas horas foi de 14 grau. Agora, na Central de Jornalismo da Peperi, ... graus. Umidade relativa do ar ... por cento.

De acordo com o Banco Central, o dólar está cotado a cinco reais e 28 centavos. O euro está valendo cinco reais e 99 centavos. Já o peso argentino está cotado a sete centavos.

O governo da Holanda pretende retirar das carteiras de identidade emitidas no país a menção sobre o gênero do portador a partir de 2024 ou 2025. Ou seja, documentos do tipo não dirão mais se o portador se enquadra no sexo masculino ou feminino, informou a imprensa holandesa no sábado. De acordo com o ministério para Emancipação, a medida permite que pessoas "que não se sintam completamente masculinas ou femininas" fiquem à vontade com as novas cédulas de identidade. Na visão do governo, a menção era desnecessária.

O presidente do Peru, MARTÍN VIZCARRA, anunciou neste domingo que vai submeter sua proposta para eliminar a imunidade parlamentar a um referendo em 2021, após o Congresso recusar a reforma. O presidente anunciou que a consulta popular ocorrerá durante as eleições gerais de 2021, quando os peruanos elegerão o novo presidente, congressistas e parlamentares. O presidente lamentou que o Congresso não tenha conseguido aprovar a reforma constitucional em uma sessão virtual no sábado. Eram necessários 87 votos para acabar com a imunidade parlamentar, mas a proposta obteve 82 votos a favor, 14 contra e 25 abstenções.

O presidente do Chile, SEBASTIÁN PIÑERA, anunciou neste domingo um pacote de ajuda no valor de um bilhão e 500 milhões de dólares para a classe média, fortemente afetada pela crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus. As medidas concentram-se quase que exclusivamente na oferta e ampliação de créditos em condições preferenciais garantidas pelo Estado. A ajuda ainda precisa ser aprovada pelo Congresso. O pacote prevê empréstimos de até três mil e 200 dólares, divididos em quatro parcelas, com uma taxa de juros igual a zero e um prazo de pagamento de quatro anos, além do adiamento da quitação de dividendos com garantia estatal.

O secretário de Educação do Paraná, RENATO FEDER, publicou mensagem neste domingo na qual afirma ter recusado convite do presidente JAIR BOLSONARO para ser o novo ministro da Educação. Ele era um dos cotados para o MEC quando o ex-ministro ABRAHAM WEINTRAUB deixou o governo, no fim de junho. Mas Bolsonaro acabou escolhendo o professor CARLOS ALBERTO DECOTELLI, que saiu do governo antes mesmo de tomar posse, em razão da descoberta de informações falsas em seu currículo. BOLSONARO estuda outros nomes para assumir a pasta.

A Caixa Econômica Federal começa nesta segunda-feira a fazer a liberação emergencial dos novos saques do FGTS com crédito em conta para de trabalhadores nascidos em fevereiro. Os pagamentos serão feitos em poupança social digital da Caixa e, em um primeiro momento, os recursos estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por meio de cartão de débito virtual. Também hoje a Caixa libera os saques e transferências da primeira parcela do Auxílio Emergencial para os aprovados inscritos no aplicativo e site dentro do terceiro lote. Nesta segunda-feira, poderão sacar o dinheiro os nascidos em janeiro, um total de 400 mil trabalhadores.

O Ministério da Saúde completou neste sábado 50 dias sem um titular no cargo. A vaga é ocupada interinamente pelo general EDUARDO PAZUELLO. Por enquanto, não há nenhum informação oficial no Planalto sobre um nome para assumir o ministério que tem entre suas missões enfrentar a pandemia do novo coronavírus. O País é o segundo com maior número de mortes e casos do novo coronavírus no mundo. É a primeira vez desde 1953 que o ministério fica tanto tempo sem um titular. Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que o ministro interino "assumiu o compromisso" de garantir "efetividade de ações" contra a Covid e que a pasta trabalha com corpo técnico qualificado, mantendo a "normalidade das atividades".

O governo de Santa Catarina atualizou na tarde deste domingo o boletim com os números do novo coronavírus no Estado. De acordo com o balanço, desde o começo da pandemia, o estado contabiliza 32 mil 969 casos confirmados e 393 mortes pela doença. Desse total, 26 mil 887 estão recuperados. Dos 295 municípios catarinenses, 93 por cento deles, ou seja, 276 municípios já registram ao menos um caso da Covid-19. Chapecó, segue no topo com o maior número de casos. A cidade do Oeste de SC, contabiliza dois mil 619 casos confirmados.

Em apoio aos municípios atingidos pelo ciclone bomba, registrado na última semana, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil de Santa Catarina, está realizando a entrega de itens de assistência humanitária em todo território catarinense. Até o momento foi liberado para os municípios65 mil 470 telhas, quatro 670 cumeeiras, pregos, parafusos, kits de higiene pessoal, cestas básicas, além de colchões de casal e de solteiro. Até o momento, a Celesc restabeleceu 98 por cento do sistema elétrico de Santa Catarina, após a passagem do “ciclone bomba”, na última terça-feira. 300 equipes compostas por mil e 300 trabalhadores trabalharam na manutenção da rede atingida pelo temporal.

As entidades empresariais de Santa Catarina encaminharam um pedido ao governo do Estado para que sejam tomadas medidas econômicas como forma de aliviar os efeitos após a passagem de um ciclone, que destruiu cidades, deixou ao menos 10 mortes e comprometeu serviços básicos, como energia elétrica. O pedido foi feito por meio do Conselho das Federações Empresariais, que reúne entidades como Fiesc, Fecomércio, Faesc, Facisc e FCDL. No oficio enviado ao governador, as federações citam que “este infortúnio agrava ainda mais a crise do Covid-19, que impôs uma perda de quase meio milhão de empregos formais e uma quebradeira generalizada de empresas. Entre os pedidos está a postergação do pagamento do ICMS no estado.

A Prefeitura de Bandeirante, decretou luto de três dias pela morte do vice-prefeito VOLMIR JOSÉ LAMB, de 50 anos. LAMB teve um infarto na madrugada de ontem e chegou a ser levado para a UPA 24 horas mas não resistiu. Ele foi velado e sepultado na tarde de ontem. Por conta do falecimento do vice-prefeito, as repartições públicas municipais de Bandeirante estarão fechadas hoje e amanhã. Os serviços públicos essenciais de saúde terão seu atendimento por meio de plantão. O prefeito CELSO BIEGERLMEIER disse ontem que o falecimento de LAMB representa uma grande perda para o município.

O município de Barra Bonita vai adotar turno único a partir desta segunda-feira. O decreto que estabelece apenas um turno de trabalho para as repartições públicas foi assinado pelo prefeito MOACIR PIROCA. Ele explicou que a medida foi adotada diante das dificuldades financeiras que afetam a prefeitura em razão da queda de receita. O turno único será das sete da manhã à uma da tarde em todos os setores, com exceção do departamento de água e das secretarias de Saúde e Assistência Social. O horário único terá validade apenas no mês de julho. O atendimento integral voltará a ser adotado a partir de agosto.

Depois de mais de cem dias sem atividades presenciais, a Igreja Católica retomou as missas com a presença do público neste final de semana em São Miguel do Oeste. Para a missa realizada pela parte da manhã na Matriz, a paróquia fez marcações no chão para indicar a distância entre os fiéis. Além disso, foram instalados totens para higienizar as mãos com álcool em gel e linhas dividindo os bancos. Foi permitida a entrada de cerca de 170 fiéis, mais a equipe que trabalha com as celebrações. A portaria da Diocese permite, neste primeiro momento, missas com número reduzido de fiéis, sacramentos do Batismo, Confissão, Unção dos Enfermos e Matrimônio. As fotos da primeira celebração com a presença do público desde março estão no portal da Peperi na internet.

Apesar da retomada das missas com a participação do público, muitas atividades da Igreja Católica seguem suspensas por tempo indeterminado. A paróquia continua sem realizar as celebrações presididas pelos ministros popularmente chamadas de “Culto” com a presença de fiéis, aulas de catequese com a presença dos alunos, primeira comunhão e crismas. Também permanecem suspensas outras ações evangelizadoras como encontros e escolas de formação, grupos de reflexão, grupos de orações, procissões, romarias e retiros. As missa foram retomadas ontem com uma série de restrições, entre elas, a presença de no máximo 170 pessoas.

A Epagri divulgou na última semana o Balanço Social 2019, uma espécie de prestação de contas das pesquisa, atividades e atendimentos a campo realizados no ano passado em Santa Catarina. O gerente regional da empresa, SIDNEI SIMON, esteve no RPN primeira edição de hoje e fez uma avaliação desse levantamento. Entre os números que constam no balança, um dos mais importantes é sobre o retorno global gerado pelas tecnologias e ações da Epagri. SIMON disse que o retorno que a sociedade recebeu para cada real investido pelo Governo do Estado na Epagri alcançou seis reais e 24 centavos em 2019. O cálculo aponta que as ações da empresa tiveram um retorno superior a cinco bilhões 130 milhões de reais no ano passado no estado.

O balanço social da Epagri confirma a importância da empresa para o desenvolvimento e fortalecimento da agricultura em Santa Catarina. A observação é do gerente regional da Epagri, SIDNEI SIMON. De acordo com ele, a empresa atendeu 121 mil famílias e cerca de três mil e 500 entidades no ano passado. Além disso, foram realizadas ações com mais de 19 mil e 500 jovens rurais dentro do objetivo de garantir a sucessão nas pequenas propriedades. SIMON destacou ainda que ao longo do ano foram executados 355 projetos de pesquisa e 20 tecnologias foram lançadas. Ele ressaltou que a empresa trabalha na busca de novas soluções para o campo e no atendimento direto dos agricultores com a assistência técnica.

A gerencia regional da Epagri de São Miguel do Oeste teve o maior número de atendimentos entre as 16 regionais da empresa no estado. A informação é do gerente regional da Epagri, SIDNEI SIMON. De acordo com ele, foram atendidos 12 mil 103 agricultores. 80 por cento das famílias rurais do extremo-oeste tiveram algum tipo de atendimento por parte da empresa no ano passado. Além disso, a Epagri regional atendeu mais de 200 entidades, como cooperativas, sindicatos e escolas rurais. SIMON também destacou que a empresa realizou atividades, ações e programas para mais de três mil e 200 jovens filhos de agricultores, como os cursos de alternância no Cetresmo e nos escritórios municipais.

A pandemia do coronavírus está afetando os trabalhos de extensão rural projetados pela Epagri para este ano. De acordo com o gerente regional da empresa, SIDNEI SIMON, a doença teve um impacto muito grande no atendimento direto dos agricultores nas propriedades. SIMON comentou que a pesquisa desenvolvida pelos profissionais da empresa está sofrendo um pouco menos, mas a extensão rural foi prejudicada pela pandemia do coronavírus.

A Polícia Militar ainda enfrenta algumas dificuldades para cumprir os decretos e portarias que estabelecem as restrições diante da pandemia do coronavírus. A avaliação é do comandante do décimo primeiro batalhão, tenente coronel JAILSON FRANZEN. Ele disse que a PM assumiu essa nova missão desde o mês de março e a fiscalização dos decretos sobre a Covid-19 passou a ser a grande preocupação da PM. FRANZEN comentou que a resistência foi maior nos primeiros dias, mas agora a maioria das pessoas e empresas procura observar as restrições. Apesar disso, a polícia ainda enfrenta dificuldades, especialmente em relação a aglomeração de pessoas em bares e locais públicos. Outra questão que ainda gera ocorrências é falta do uso da máscara para a prática de atividades físicas ao ar livre, como praças e ruas.

A PM está fiscalizando o cumprimento dos decretos e portarias sobre a Covid-19 mas não tem o objetivo de punir ninguém. O comentário é do comandante do décimo primeiro batalhão, tenente coronel JAILSON FRANZEN. Ele esteve no Peperi Rádio Repórter deste sábado e disse que a preocupação é garantir a segurança sanitária e impedir situações que podem resultar na transmissão do vírus. O policial reforçou que as ações não tem o objetivo da punição.

A Polícia Militar promoveu 11 interdições administrativas de estabelecimentos que não respeitaram as normas previstas em decretos e portarias da Covid-19. Na visão do comandante do comandante do décimo primeiro batalhão, tenente coronel JAILSON FRANZEN, o número não é alto. Ele disse que a decisão de fechar bares e outros estabelecimentos só é tomada em casos de reincidência. FRANZEN disse que a maioria dos comerciantes alega que não conseguiu controlar o acesso dos clientes e que muitos permanecem nos locais mesmo após a advertência de que a aglomeração está proibida. Ele explicou que além da interdição administrativa, os reincidentes podem responder a processos criminais na justiça.

A vigilância epidemiológica vai retomar hoje o trabalho de testagem da população para Covid-19. O objetivo é verificar a presença do vírus entre moradores assintomáticos, ou seja, sem os sintomas da doença. Nas últimas semanas, foram testadas cerca de 310 pessoas desse público. Entre hoje e quarta-feira serão testados mais 110 moradores. Ele foram selecionados para substituir os que faltaram na primeira etapa do trabalho. De acordo com o enfermeiro coordenador da vigilância epidemiológica, MARCOS BORTOLANZA, o objetivo é chegar a 420 moradores assintomáticos testados para Covid. Os testes serão feitos no centro de triagem do salão paroquial.

O Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste registrou neste domingo uma alta hospitalar de um paciente que estava internado com Covid-19. O paciente é morador de São José do Cedro e se recuperou da doença. 11 pessoas que tiveram Covid-19 confirmada permanecem internados. São cinco pacientes em leitos de UTI, o que dá uma taxa de ocupação de 55 por cento, já que o Hospital tem nove leitos destinados para pessoas com coronavírus. Outros seis confirmados estão em leitos de enfermaria. Nesse espaço, a taxa de ocupação é de 22 por cento.

Uma comitiva de São Miguel do Oeste se reuniu nesta segunda-feira com o ministro da Infra-estrutura TARCISIO FREITAS. O encontro começou por volta das dez horas da manhã em Jaguaruna, no sul do estado. Participaram da audiência o presidente da Câmara de Vereadores, EVERALDO DI BERTI, o representante das entidades do município, ASTOR KIST e vereador CLAÚDIO BARP. Os principais assuntos da pauta foram o projeto do revitalização da BR 163 e a situação do contorno viário oeste. Os vereadores querem saber qual a posição do Ministério dos Transporte e do Dnit sobre esse traçado que vai retirar o transito pesado da avenida Willy Barth. O presidente da câmara, EVERALDO DI BERTI repassou agora à pouco que o ministro TARCISIO FREITAS confirmou que o governo vai liberar 200 milhões de reais para o trecho da BR 163 entre Guaraciaba e Dionísio Cerqueira.

A Polícia Militar prendeu um homem por descumprimento de uma medida protetiva de violência doméstica. O fato aconteceu por volta das cinco e meia da tarde de ontem no Bairro Santa Rita em São Miguel do Oeste. De acordo com a PM, populares ouviram uma discussão entre um casal e acionaram a polícia. Ao chegar no local, a guarnição encontrou o homem sentado na área da casa. A mulher não queria que ele fosse embora. Como havia uma medida protetiva determinada pela justiça, o homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia.

Um motociclista ficou ferido em um acidente no começo da tarde de sábado no bairro Morada do Sol. A colisão aconteceu por volta da uma e meia no cruzamento das ruas Felipe Silvestre e Alfredo Tischer. O acidente envolveu um Fiesta e uma moto CG. Com o impacto, o condutor da motocicleta teve um ferimento grave em uma das pernas e escoriações pelo corpo. Ele foi socorrido pelos bombeiros e encaminhado ao Hospital Regional para atendimento médico.

Mais um acidente entre carro e moto deixou uma pessoa ferida neste final de semana no município. A colisão aconteceu na noite de sábado no cruzamento da rua XV de Novembro com a Adolfo Konder, no centro da cidade, e envolveu um Astra e uma moto XTZ com placa de Maravilha. Com o impacto, a vítima desmaiou. Imediatamente o Corpo de Bombeiros foi acionado e quando chegou no local, o homem, mesmo ferido, levantou e saiu correndo. O motociclista deixou para trás alguns pertences e também a documentação pessoal. A Polícia Militar foi acionada e o condutor da moto que fugiu do local do acidente já foi identificado.

Uma colisão lateral envolvendo um Corsa de São João do Oeste e uma motoneta Honda Biz, deixou uma jovem ferida neste domingo. O acidente aconteceu por volta das sete e meia da noite na rua Santos Dumont proximidades da Stalar Materiais de construção. A condutora do carro disse que não percebeu a aproximação da moto ao entrar na rotária. A condutora da moto ficou ferida e foi socorrida pelos bombeiros. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional para atendimento médico.

Pela quarta vez em menos de um mês, a Polícia Militar prendeu um grupo de pessoas por tráfico, associação para o tráfico e aliciamento de menores na Vila Basso, em São Miguel do Oeste. De acordo com a PM, o local é conhecido por ser ponto de tráfico. Neste domingo, os PMs encontraram o mesmo grupo no local com seis buchas de cocaína e dois cigarros de maconha. Os suspeitos foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia. Este mesmo grupo foi detido recentemente com 798 comprimidos de ecstasy, cocaína e maconha no mês passado.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.