ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco sábado 06 06 2020

-BOLSONARO APONTA VIÉS IDEOLÓGICO E AMEAÇA TIRAR BRASIL DA OMS

-DOUGLAS BORBA É PRESO EM NOVA FASE DA OPERAÇÃO SOBRE COMPRA DE RESPIRADORES

-ACISMO COMEÇA PROJETO LIVES PARA A RETOMADA NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA

-VEREADORES COBRAM INSTALAÇÃO DE LEITOS DE UTI NEONATAL NO HOSPITAL REGIONAL

-NOTA OFICIAL DA AMEOSC DIZ QUE AJUDA DA UNIÃO NÃO RESOLVE PROBLEMA DAS PREFEITURAS

-COLISÃO ENTRE CAMINHÃO E CARRO DEIXA DOIS FERIDOS NA BR 158

-SUSPEITO DE CRIME SEXUAL CONTRA MENOR É PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de sol com muitas nuvens. A temperatura pode chegar a 17 graus. A mínima das últimas horas foi de nove graus.

De acordo com o Banco Central, o dólar está cotado a quatro reais e 97 centavos. O euro está valendo cinco reais e 62 centavos. Já o peso argentino está cotado a sete centavos.

A Rússia anunciou, nesta semana, que certificou o antiviral Avifavir para o tratamento da Covid-19. O medicamento ainda está em fase de testes e é uma versão modificada do antiviral experimental favipiravir, de origem japonesa. Segundo o Fundo Russo de Investimento Direto que anunciou a certificação do Avifavir em uma nota à imprensa, o remédio mostrou "alta eficácia" em ensaios clínicos feitos com 330 pacientes em 35 centros médicos. Os testes começaram em 21 de maio e ainda estão em andamento. A empresa não divulgou nenhum artigo científico com os resultados da pesquisa nem detalhou quais foram as modificações feitas no medicamento japonês.

Diversas cidades pelo mundo registraram protestos pacíficos contra a morte de GEORGE FLOYD nesta sexta-feira. O ex-segurança negro foi morto em 25 de maio sob custódia policial após ser imobilizado por um policial branco com um joelho em seu pescoço. Em Washington DC, capital dos Estados Unidos, funcionários municipais e ativistas pintaram a expressão "Black Lives Matter", que significa vidas negras importam, em enormes letras amarelas em uma das ruas que leva à Casa Branca. Nesta sexta, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, MARK ESPER, ordenou a retirada de militares da Guarda Nacional mobilizados em Washington para conter os distúrbios durante os protestos no distrito.

Cidades e estados norte-americanos estudam proibir técnicas de sufocamento como a utilizada contra o ex-segurança GEORGE FLOYD, em 25 de maio, gerando protestos contra o racismo em diversas partes dos Estados Unidos e do mundo. Naquele dia, uma gravação mostrou o então policial DEREK CHAUVIN com o joelho prensado sobre o pescoço de Floyd, que dizia: "Não consigo respirar!". O gesto se tornou símbolo das manifestações contra o racismo. CHAUVIN e outros três policiais foram presos, acusados de assassinato e demitidos da corporação. O conselho de Minnepolis, cidade onde FLOYD morreu, aprovou nesta sexta-feira projeto para acabar com o uso de estrangulamentos e contenção no pescoço. A proposta ainda precisa da aprovação de um juiz, segundo a agência Reuters.

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, WALDERY RODRIGUES, confirmou nesta sexta-feira que o governo prevê pagar duas parcelas extras de 300 reais cada uma como extensão do auxílio emergencial motivado pela crise do coronavírus. Nesta quinta-feira, o presidente JAIR BOLSONARO anunciou que seriam duas parcelas extras, mas não tinha informado o valor. Criado em abril, o benefício tem previsão original de ser pago em três parcelas de 600 para trabalhadores informais e autônomos. Com a extensão do prazo por mais dois meses, WALDERY RODRIGUES informou que a despesa do governo com o auxílio emergencial ficaria próxima de 200 bilhões neste ano.

A Justiça Federal determinou o bloqueio de três bilhões e meio de reais, em valores e bens, de sete réus investigados pela sexagésima segunda fase da Operação Lava Jato. A ação integra a etapa que apurou envolvimento de executivos do Grupo Petrópolis em lavagem de dinheiro desviado de contratos públicos, especialmente da Petrobras, pela Odebrecht. A decisão, da Vara Federal de Curitiba, foi informada pelo Ministério Público Federal nesta sexta-feira. Sete réus tiveram os bens bloqueados. Eles foram acusados de participação no grupo que é investigado por ações de lavagem de dinheiro para o Grupo Odebrecht, pagamentos ilegais de dinheiro desviado da Petrobras, além de pagamentos disfarçados de doações eleitorais que, segundo os procuradores, foram feitas pelo Grupo Petrópolis, por interesse do Grupo Odebrecht.

O presidente JAIR BOLSONARO afirmou nesta sexta-feira que pode retirar o Brasil da Organização Mundial de Saúde se continuar na instituição o que ele chamou de "viés ideológico". BOLSONARO deu a declaração em uma entrevista na portaria do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. A OMS é um organismo da Organização das Nações Unidas. Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, DONALD TRUMP, rompeu com a instituição alegando que a OMS foi "pressionada" pela China para dar "direcionamentos errados" ao mundo sobre o novo coronavírus. Para o presidente brasileiro, a OMS atua como "organização partidária" e, se continuar assim, o Brasil pode deixar a instituição.

O Governo de Santa Catarina publicou as regras de como deve funcionar o transporte intermunicipal, autorizado a retornar no estado a partir de segunda-feira, após quase três meses com circulação suspensa por causa da pandemia do novo coronavírus. Muitas cidades devem retomar o serviço na segunda e outras, como Blumenau, Joaçaba e Florianópolis adiaram em pelo menos mais uma semana. Entre as regras, o governo estabelece que os ônibus intermunicipais com características rodoviárias devem ter ocupação de no máximo 50 por cento da capacidade, com passageiros sentados, e intercalados nos assentos para manter distanciamento. No caso do intermunicipal urbano, a empresa deve delimitar a no máximo 50 por cento da capacidade de lotação e controlar o número de passageiros sentados. Todos devem medir a temperatura dos passageiros antes do embarque.

O atual secretário da Saúde em Santa Catarina, ANDRÉ MOTTA RIBEIRO, afirmou em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito que os primeiros respiradores recebidos pelo Estado da empresa Veigamed são para transporte de emergência e, por isso, não serão usados para o tratamento da Covid-19. No entanto, disse que a pasta ainda pode usá-los em outras situações. RIBEIRO disse ainda que os 50 respiradores devem ser usados em ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Os equipamentos foram confiscados pela Receita Federal por conta de irregularidades na documentação de importação e doados à Secretaria Estadual de Saúde.

O ex-secretário da Casa Civil, DOUGLAS BORBA, foi preso preventivamente na manhã deste sábado na segunda fase da Operação O². A investigação apura a compra de 200 respiradores pelo Estado no valor de 33 milhões de reais. O advogado LEANDRO BARROS também foi preso preventivamente. A força-tarefa composta pelo Ministério Público de Santa Catarina, pelo Tribunal de Contas do Estado e pela Polícia Civil cumpre 14 mandados de busca e apreensão e seis de prisão preventiva, entre elas a de BORBA e de BARROS. Os dois foram encaminhados para a Diretoria Estadual de Investigações Criminais, onde serão ouvidos. Os mandados de busca e apreensão serão cumpridos em cinco cidades de Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo. Duas pessoas presas no Rio de Janeiro também na manhã deste sábado, serão trazidas para Santa Catarina.

O Retrato Falado deste sábado reproduziu uma entrevista histórica concedida pelo padre AURÉLIO CANZI na década 1980. O material faz parte do acervo da rádio Peperi e foi veiculada pela primeira vez no ano de 1988. O padre AURÉLIO CANZI chegou ao município em cinco de fevereiro de 1944 e faleceu no dia sete de junho de 1990. A morte do padre AURELIO completa 30 anos neste domingo. O Retrato Falado especial desde sábado pode ser acompanhado no portal da Peperi da internet.

O Peperi Debates deste sábado voltou a discutir as propostas de adiamento das eleições municipais deste ano. O tema tem dividido opiniões. Enquanto algumas pessoas defendem a manutenção do calendário atual, outras querem o adiamento para dezembro ou para o ano que vem. Também tem aqueles que defendem a postergação dos mandatos e unificação das eleições em 2022. No sábado passado, o programa recebeu os presidentes do PP, PT, PSL e PSD. A rodada de hoje contou com a participação do presidente do MDB, CARLINHO BURATTO, da presidente do PSDB, CRIS ZANATTA, o presidente do PL, SADI ERLO e o presidente do PSOL, JEAN CARLOS CARLESSO. As fotos e o áudio na íntegra do programa estão disponíveis no portal da Peperi na internet.

O MDB defende o adiamento do pleito municipal de outubro e a unificação das eleições em 2022. A afirmação é do presidente do partido, CARLINHO BURATTO. Ele disse que essa é a melhor alternativa do ponto de vista democrático e econômico. O presidente afirmou que existe uma briga política em relação a postergação das eleições e a decisão que for tomada vai mostrar a importância que o país dá para a pandemia do coronavírus. BURATTO entende que o viável, neste ano, é postergar as datas do calendário eleitoral. Ele sugeriu a votação em 15 de novembro e o segundo turno, em seis de dezembro. O emedebista disse que a preocupação dos partidos é com a campanha que vai exigir um outras práticas e cuidados. O “corpo à corpo” com os eleitores, por exemplo, será menor e os partidos terão que se adaptar a essa nova realidade.

O PSDB criou uma comissão estadual para discutir a possibilidade de postergação e defende a manutenção do pleito deste ano para o mês de outubro. A posição é da presidente do partido, CRIS ZANATTA. Ela disse que a pandemia do coronavírus trouxe isolamento social e mudou a realidade de todas as pessoas e segmentos. CRIS comentou que os partidos também precisam se adaptar e repensar as estratégias para a campanha deste ano que será totalmente diferente. Ela citou que se os outros setores se adequaram diante da pandemia, o sistema eleitoral também precisa seguir esse caminho. CRIS lembrou que o TSE autorizou as convenções virtuais e as eleições devem ser mantidas dentro do calendários atual.

A situação eleitoral é muito delicada e qualquer mudança cabe exclusivamente ao congresso. O comentário é do presidente do PSOL, JEAN CARLOS CARLESSO. Ele explicou que juridicamente, o TSE não tem outra alternativa a não ser o cumprimento da lei que prevê as eleições municipais para este ano. Ele disse que a legislação proíbe o adiamento do pleito. Segundo CARLESSO, a alteração só pode ocorrer mediante uma alteração constitucional. O presidente do PSOL, defende mudar a data das eleições por causa do coronavirus, mas isso deve ocorrer de forma correta e seguindo a lei. Ele defende que as eleições aconteçam neste ano com alteração de datas e dos métodos do pleito. CARLESSO sugeriu, por exemplo, que a votação aconteça em mais de um dia para evitar aglomerações. Ele disse que os partidos também precisam se adaptar a esse novo momento.

Não há mais tempo hábil para postergação das eleições municipais para o ano que vem ou 2022. A afirmação é do presidente do PL, SADI ERLO. Ele disse que o partido entende que a eleição deve ocorrer ainda neste ano. ERLO comentou que o PL defende a mudança da data da votação para dezembro para evitar problemas com a legislação e com a postergação dos mandatos. Ele disse que o PL vem se preparando para a disputa deste ano e não trabalha com a possibilidade de adiamento para outro ano. ERLO também destacou que os partidos vão precisar se adaptar à nova realidade imposta pela pandemia do coronavírus, mas que a eleição deve acontecer neste ano.

A associação empresarial de São Miguel do Oeste vai lançar, neste final de semana, o projeto “Lives para retomada”. O programa foi criado para levar capacitação e informações aos associados nesse momento de restrições e isolamento. As transmissões serão através do perfil oficial da Acismo no Instagram. Segundo o presidente da entidade, DANIEL DE SOUZA, quatro lives estão confirmadas para os mês de junho e julho. De acordo com ele, as transmissão vão voltadas especialmente para os empresários associados à Acismo que poderão bater um papo com o palestrante. A intenção da associação é trazer convidados e apresentar casos à nível regional, estadual e nacional.

A primeira transmissão do projeto “Lives para a retomada” está marcada para a próxima terça-feira, dia nove de junho. A informação é do presidente da Acismo, DANIEL DE SOUZA. A primeira live será comandada pela Gerente de Marketing da Gran Mestri, ALINE MENESTRINA MENEGAZZO. Ela foi vencedora do Prêmio Antunes Severo na categoria Profissional de Marketing do Ano AdvbSC. ALINE vai falar sobre “Como se Reinventar em momentos de instabilidade”. A live começa as sete horas e 19 minutos. As demais palestras on-line serão nos dias 24 de junho e oito e 22 de julho. Não haverá nenhum custo para os associados da Acismo.

Apenas quatro municípios da região Extremo Oeste de Santa Catarina vão receber os kits metálicos vindos da reforma da ponte Hercílio Luz de Florianópolis. A informação é do novo coordenador regional da Defesa Civil, SIDINEI DEZORDI. Ele está no comando do órgão há cerca de dois meses e assumiu a função deixada pelo ex-coordenador, FABIANO GALLEAZZI. Conforme ele, a ideia é dar continuidade aos trabalhos executados pela Defesa Civil na região. De acordo com DEZORDI, desde que assumiu o órgão, um dos primeiros desafios enfrentados está sendo a pandemia causada pela Covid-19. Segundo ele, além disso, a região também vive o problema da estiagem, que vem causando grandes prejuízos aos municípios do Extremo Oeste.

Apesar de todas as dificuldades a Defesa Civil segue com seus programas de atendimento na região. A afirmação é do coordenador regional do órgão, SIDINEI DEZORDI. Ele destacou que um deles é o programa de kits de transposição metálica para pontes. Ele lembrou que no começo do ano diversos municípios da região haviam se cadastrado para receber os kits vindos da capital do Estado. DEZORDI ressaltou que na oportunidade, entre 500 e 550 kits estavam à disposição das prefeituras catarinenses. Apenas no Extremo Oeste, 12 municípios haviam solicitando essas estruturas, totalizando 42 novas pontes.

A pandemia causada pelo novo coronavírus acabou limitando os recursos financeiros das prefeituras e por isso muitos municípios acabaram desistindo dos kits metálicos. O comentário é do coordenador regional da Defesa Civil, SIDINEI DEZORDI. Ele disse que dos 12 municípios, sete acabaram desistindo dos kits, restando apenas quatro cidades interessadas. Entre as que acabaram recusando os kits estão os municípios de Dionísio Cerqueira, Guarujá do Sul, Iporã do Oeste, Barra Bonita, Guaraciaba, Santa Helena, São Miguel do Oeste e Itapiranga. Apenas Anchieta, Bandeirante, Paraíso e Tunápolis mantiveram os pedidos feitos para a Defesa Civil.

Os quatro municípios da região vão receber 11 novas pontes com esse programa da Defesa Civil. A declaração é do coordenador regional do órgão, SIDINEI DEZORDI. Ele citou que Anchieta vai receber quatro kits e Bandeirante três. Já Paraíso e Tunápolis vão receber dois kits cada. DEZORDI salientou que todas essas cidades estão efetuando o processo de documentação e após terminado esse procedimento, os projetos serão encaminhados para o setor de engenharia para que de fato a construção e colocação se inicie. O coordenador lembrou ainda que cada cidade terá que construir e adequar as cabeceiras e pilares centrais, além de ir buscar os materiais em Florianópolis e montar as estruturas em suas localidades. SIDINEI DEZORDI acredita que esse trabalho deve ser finalizado ainda neste ano na região.

Os vereadores aprovaram, na sessão virtual de quinta-feira, uma moção de apelo para a instalação de leitos de UTI Neonatal no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. O pedido é de autoria da vereadora do PT, MARIA TEREZA CAPRA. No documento, ela ressalta que a UTI neonatal concentra os principais recursos humanos e materiais necessários para dar suporte às funções vitais do bebê em risco de vida. MARIA TEREZA lembrou que no Extremo-Oeste não há leitos desse tipo e que os mais próximos estão nos municípios de Chapecó e Xanxerê. A vereadora citou que a distância e a superlotação dificultam o atendimento desses bebês. A moção, aprovada em plenário, será encaminhada ao governo de Santa Catarina.

A instalação de leitos de UTI neonatal no Hospital Regional já é objeto de uma ação judicial movida pelo Ministério Público. A primeira decisão, inclusive, foi favorável à promotoria e determina que o estado deve proceder a abertura de leitos de UTI para recém nascidos. A moção aprovada pelos vereadores reforça essa reivindicação regional. No documento, a vereadora MARIA TEREZA CAPRA cita dados da Sociedade Brasileira de Pediatria que indicam que o Estado tem déficit de 179 leitos para atingir a proporção ideal de quatro vagas para cada mil nascidos vivos. Ela disse que a região não tem nenhum leito e o governo precisa atender essa demanda da população do Extremo-Oeste. O pedido é para a instalação de 10 leitos de UTI neonatal no Hospital Regional.

Mais nove pessoas entraram para a lista de recuperados da Covid-19 em São Miguel do Oeste, nesta sexta-feira. No total, 54 pessoas que contraíram a doença já passaram pelo período de 15 dias sem os sintomas e são considerados curados pela secretaria de Saúde. Ontem, um homem testou positivo para Covid-19. O total de infectados é de 73 e a taxa de recuperação já de 70 por cento. 19 moradores com Covid-19 permanecem em isolamento domiciliare apenas uma pessoa está em internação hospitalar.

A Ameosc emitiu uma nota oficial nesta sexta-feira sobre a ajuda emergencial da União para estados e municípios no valor de 60 bilhões de reais. No documento, os prefeitos deixam claro que os auxílios federais são importantes, mas não irão solucionar os problemas financeiros dos municípios. A nota cita que os recursos são de extrema importância para a redução dos impactos da crise provocada pela pandemia, mas diante do quadro atual, as prefeituras continuarão enfrentando “enormes dificuldades” para vencer os desafios de atendimento das necessidades da população. A nota, assinada pelo presidente da Ameosc PLÍNIO DE CASTRO, foi repassada no final da manhã de ontem para os veículos de imprensa da região.

O socorro financeiro do governo federal vai recompor apenas parte das perdas que os municípios estão sofrendo com a queda na arrecadação de tributos em decorrência da pandemia da Covid-19. A informação está em nota oficial divulgada nesta quinta-feira pela Ameosc. Segundo dados da Confederação Nacional dos Municípios, o ICMS, tributo que representa uma parcela significativa das receitas municipais, sofreu uma redução média de 24 por cento em abril. Nos próximos meses, a queda deve ser ainda mais significativa, com uma diminuição de 22 bilhões de reais. Os prefeitos citam que ainda aguardam o repasse dos recursos assegurados pelo Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, o que deve ocorrer na próxima semana.

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente de trânsito na manhã desta sexta-feira na BR 158. A colisão aconteceu por volta das nove horas da manhã na linha Planaltina, em Caibi e envolveu um Pálio de Caibi e um caminhão Ford Cargo de Riqueza. Com o impacto, o caminhão caiu em uma ribanceira de cerca de quatro metros. No caminhão havia dois ocupantes. O motorista, de 54 anos, foi atendido pelos bombeiros de Palmitos e conduzido ao hospital de Caibi. O passageiro, de 29 anos, recusou atendimento. O motorista do carro, um homem de 21 anos, foi atendido pelos bombeiros de Cunha Porã, e conduzido ao hospital do município com suspeita de traumatismo craniano. Chovia no momento do acidente.

O Corpo de Bombeiros socorreu um homem que foi agredido durante a madrugada de hoje no município de Belmonte. A guarnição foi chamada por volta das cinco horas para atendimento de um homem que estava ferido na comunidade de Santo Isidoro, interior do município. A vítima estava com um corte na cabeça, hemorragia intensa einicio de hipotermia. Ele recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado ao Hospital Regional de São Migueo do Oeste para atendimento médico. Não foram divulgados detalhes sobre os motivos e a forma como o homem foi agredido.

Um homem suspeito violência sexual contra menor foi preso na tarde de ontem em São Miguel do Oeste. Os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão expedidos pelo Juízo Federal de Chapecó foram cumpridos pela Polícia Federal. Esse mesmo homem foi preso recentemente pela Polícia Civil de São Miguel do Oeste pela posse de material contendo pornografia infantil. Naquela ocasião, foram apreendidos equipamentos de informática que foram encaminhados à Polícia Federal para continuidade da investigação. Na perícia desses equipamentos foram encontrados indícios de que o suspeito teria praticado atos sexuais com menor de idade. Ontem, o homem foi preso e a Polícia Federal apreendeu outros equipamentos de informática e um telefone celular que podem conter outras provas de crime sexual. A ação contou com participação e auxílio da Polícia Civil de São Miguel do Oeste.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.