ÁUDIOS
Globo em Foco - Peperi - AM

Globo em Foco sexta-feira 03 07 2020

GOVERNO PREVÊ ENCERRAR 2020 COM ROMBO DE 828 BILHÕES NAS CONTAS PÚBLICAS

-BOLSONARO VAI SOBREVOAR REGIÕES MAIS AFETADAS POR CICLONE EM SC

-VEREADORES DERRUBAM VETO DO PREFEITO ÀS EMENDAS DO PLANO DIRETOR

-MUNICÍPIO COMPLETA UMA SEMANA SEM NOVOS CASOS DE DENGUE

-TREVISAN DIZ QUE INSTALAÇÃO DE LOMBADA NO SALETE FOI PARA PROTEGER VIDAS

-COLISÃO ENTRE CARRO E MOTO DEIXA UM FERIDO EM VIA PERIFÉRICA DA BR 163

-POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADOS EM OPERAÇÃO CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS

O tempo é de..... A previsão para as próximas horas é de sol. A temperatura pode chegar a 14 graus. A mínima das últimas horas foi de um grau. Agora, na Central de Jornalismo da Peperi, ... graus. Umidade relativa do ar ... por cento.

De acordo com o Banco Central, o dólar está cotado a cinco reais e 35 centavos. O euro está valendo seis reais e um centavo. Já o peso argentino está cotado a sete centavos.

A Justiça apresentou nesta quinta-feira acusações por lavagem de dinheiro contra os ex-presidentes do Panamá RICARDO MARTINELLI e JUAN CARLOS VARELA, em escândalos que atingem estes ex-aliados, hoje inimigos políticos. VARELA é investigado pelo financiamento de campanhas eleitorais, inclusive as presidenciais que ele venceu em 2014, com propina paga pela empreiteira brasileira Odebrecht. Já MARTINELLI é investigado no caso conhecido como New Business, no qual se questiona a compra de um grupo editorial, supostamente com dinheiro público, durante seu mandato.

O primeiro-ministro francês, EDOUARD PHILIPPE, entregou sua carta de demissão nesta sexta-feira e ela foi aceita pelo presidente EMMANUEL MACRON. O palácio do Elysée informou que o seu substituto será anunciado nas próximas horas. A mudança acontece menos de uma semana depois das eleições municipais nas quais o partido do governo sofreu uma dura derrota. EMMANUEL MACRON está preparando uma reforma ministerial, que será anunciada na quarta-feira. A nova equipe deverá acompanhar o presidente até as próximas eleições, em 2022.

O ex-presidente argentino CARLOS MENEM voltou a ser hospitalizado, na manhã desta quinta-feira, após nova deterioração de sua saúde. MENEM, que hoje completa 90 anos, havia recebido alta na segunda-feira passada, após permanecer 15 dias internado por um quadro de pneumonia grave que os médicos davam como superado. Fontes familiares citadas pela imprensa local relataram que ele voltou a manifestar dificuldades respiratórias. Em sua última internação, descartou-se que ele estivesse com Covid-19, após resultados negativos de dois testes.

A força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo denunciou o senador JOSÉ SERRA do PSDB por lavagem de dinheiro e a Polícia Federal faz buscas contra ele em uma nova fase da operação na manhã desta sexta-feira. De acordo com a denúncia, o ex-governador de São Paulo usou seu cargo entre 2006 e 2007 para receber da Odebrecht pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados as obras do Rodoanel Sul. Segundo a força-tarefa, a empreiteira pagou milhões de reais por meio de uma rede de empresas no exterior, para que o real beneficiário dos valores não fosse detectado pelos órgãos de controle. Hoje, a PF cumpriu oito mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O Tribunal de Contas da União decidiu encaminhar ao Ministério Público Federal os casos mais graves de irregularidades no pagamento do auxílio emergencial de 600 reais, criado em razão da crise do coronavírus. Segundo o relator do processo, ministro BRUNO DANTAS, a lista de nomes servirá para que o MPF avalie uma possível ação penal contra pessoas que receberam o auxílio sem terem direito. O processo apresentado pelo ministro apresentou os dados da auditoria do TCU que identificou 620 mil 299 auxílios emergenciais com indícios de irregularidades, entre os quais 134 mil servidores públicos.

O Ministério da Economia informou nesta quinta-feira que aumentou a previsão de déficit nas contas públicas para 828 bilhões de reais em 2020. A estimativa anterior, feita em maio, era de encerrar o ano com um rombo de 708 bilhões. Os números refletem principalmente as medidas de combate à crise da pandemia do novo coronavírus. De acordo com o governo, a nova projeção já considera prorrogação por mais dois meses do auxílio emergencial. Segundo a equipe econômica, o déficit deve ser composto 795 bilhões do governo federal, cerca de dois bilhões dos estados e 30 bilhões dos municípios.

O presidente JAIR BOLSONARO confirmou nesta quinta-feira que vai sobrevoar as áreas atingidas pelo ciclone bomba que passou pelo Estado na última terça-feira. O presidente deve sobrevoar as regiões mais afetadas na companhia de deputados e senadores catarinenses na manhã deste sábado. O ministro do Desenvolvimento Regional, ROGÉRIO MARINHO, disse que o governo federal entrou em contrato com o governador CARLOS MOISES e encaminhou o secretário de defesa civil para atender Santa Catarina. De acordo com MARINHO, ele vai orientar as prefeituras sobre como preencherem a papelada para requisitar recursos federais para a reconstrução das cidades. Segundo a Defesa Civil, o número de municípios afetados pelo desastre subiu para 152 nesta quinta-feira.

Durante a reunião virtual da Comissão Intergestores Bipartite de Assistência Social, realizada na tarde desta quinta-feira, foi anunciado repasse de sete milhões e meio de reais do Governo Federal para os municípios catarinenses. O valor foi repassado por meio da Lei Complementar 173 , com uso exclusivo em ações para amenizar os danos causados pela pandemia da Covid-19. Também foi anunciado o adiantamento das segundas e terceiras parcelas do cofinanciamento 2020. Todos os municípios catarinenses terão direito aos recursos extraordinários para utilização em benefícios eventuais, recebendo o valor de 19 mil 132 por Centro de Referência de Assistência Social, desde que enviem os documentos necessários entre 6 e 22 de julho. Já a segunda parcela do cofinanciamento, com recursos do governo estadual, será paga agora no mês de julho, e a terceira em setembro.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira o ato de outorga da rodovia BR-101, em Santa Catarina. O trecho concedido é de 220 quilômetros, entre os municípios de Paulo Lopes e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul. Serão quatro praças de pedágio instaladas no local adquirido pela Concessionária Catarinense Rodovias SA. A licitação, vencida no início do ano pela empresa, prevê um contrato de 30 anos e um investimento superior a sete bilhões de reais. O contrato será assinado na próxima segunda-feira.

Excepcionalmente neste sábado, o programa Peperi Debates será uma reprise da edição do dia nove de maio. A Peperi vai reapresentar amanhã o programa que discutiu os impactos desse momento no homem e na sociedade: que lições teremos aprendido? Como passaremos a lidar com a saúde? Como ficarão aspectos do cotidiano, como as relações de afeto, o mercado de consumo e a espiritualidade? O debate reuniu o economista RILDO LAZAROTTO, o psicanalista ROBERTO MAINARDI LOPES e o professor EDINALDO ENOQUE. O Peperi Debates começa as oito horas da manhã.

O Peperi Rádio Repórter deste sábado vai receber o comandante do décimo primeiro batalhão da Polícia Militar, tenente coronel JAILSON FRANZEN. Ele vai fazer uma avaliação dos trabalhos da PM para cumprimento dos decretos e portarias envolvendo a Covid-19. A Polícia ainda registra casos de festas particulares, aglomeração de pessoas e outras situações de descumprimento das normas sanitárias para evitar a propagação do coronavírus. O Peperi Rádio Repórter começa às 11 horas com a análise das notícias da semana. A entrevista com o comandante da PM inicia por volta de 11 e meia.

A Frente Democrática, composta por PDT, PT, PSol e PSB, criou grupo de trabalho para elaboração de um projeto emergencial para São Miguel do Oeste. O grupo pretende discutir com a sociedade e coletará dados e propostas para a retomada do crescimento econômico e social pós-coronavírus. Não foram divulgados detalhes sobre como esse processo será feito. O projeto emergencial terá como diretrizes o respeito à democracia, à constituição federal e as garantias fundamentais, e a efetiva participação popular.

O Senac desenvolveu uma campanha de vantagens para que os consumidores façam compras e incentivem o comércio local. O “Cashback Senac” dá descontos em cursos presenciais e na modalidade EAD para quem comprar em lojas físicas do comércio local nas cidades catarinenses. O projeto foi apresentado nesta quinta-feira pelo diretor do Senac São Miguel, ADILSON ALMEIDA. A CDL do município aderiu a iniciativa. O objetivo é estimular o consumo, fortalecer os negócios e contribuir com o desenvolvimento em meio à crise provocada pela Covid-19. Com a ação, parte do valor que é consumido no comércio volta para o cliente na forma de descontos em cursos de todos os níveis de ensino. Para participar, basta apresentar a nota fiscal local na unidade local do Senac.

A iniciativa do Senac é de extrema importância para nosso comércio, já que além de incentivar a compra local, oportuniza a capacitação e o conhecimento. A afirmação é do presidente da CDL, IVANDRO SPENGLER. O desconto nos cursos do Senac será de até 10 por cento do total da nota fiscal de compra, com a opção de utilizar vários cupons ao mesmo tempo, mas dentro do valor máximo de 300 reais por CPF no mês. Estes recursos podem ser usados para o pagamento de mensalidades ou para inscrição em novos cursos. A ação que começou no dia 22 de junho se estenderá até o dia 22 de agosto em todas as unidades do SENAC em Santa Catarina.

Nenhum novo caso de dengue foi registrado em São Miguel do Oeste nos últimos sete dias. A informação foi divulgada pela Vigilância Epidemiológica Municipal nesta quinta-feira. No acumulado do ano, foram 140 casos: 134 autóctones, quatro importados e dois com local de infecção indeterminado. O número de focos do mosquito Aedes aegypti também não sofreu alterações na última semana, continuando em 340. O bairro Estrela é o local da cidade com maior número de pessoas infectados. Apesar da redução do ritmo de novos contágios, São Miguel do Oeste ainda é considerado um município com epidemia de dengue com mais de 316 caso por grupo de cem mil habitantes. A secretaria de Saúde, GENI GIRELLI voltou a pedir que a população mantenha o alerta para evitar os locais com água parada nas casas, quintais e terrenos.

O trabalho desenvolvido em parceria pelas secretarias de Saúde e Urbanismo para coleta de entulhos e materiais diversos prossegue até segunda-feira na praça Walnir Botaro Daniel. Até o começo da semana que vem, os containers permanecerão na área coberta da praça. A partir de terça-feira, o ponto de coleta será levado para o bairro Jardim Peperi, ao lado do posto de saúde. De acordo com o coordenador do setor da dengue, CÉLIO SILVA, as pessoas interessadas poderão fazer o descarte de eletrônicos, pneus, móveis em desuso e entulhos diversos, com exceção de sofás e lâmpadas. Ele explicou que os moradores devem levar os objetos até o contêiner que o município vai dar o destino correto para todos os materiais descartados pela população.

O índice de pessoas recuperadas da Covid-19 em São Miguel do Oeste subiu para 93 por cento nesta quinta-feira. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pelo Comitê de Crise do Coronavirus, mais seis pessoas entraram para a lista de recuperados. São três homens e três mulheres que não apresentam os sintomas da doença e podem sair do isolamento domiciliar. Outros quatro pacientes, três homens e uma mulher, testaram positivo para o coronavírus no dia de ontem. Dos 130 moradores já positivados em São Miguel do Oeste, somente nove ainda estão com a doença, nenhum dele com internação hospitalar. 121 pacientes, o que representa 93 por cento dos casos, estão recuperados.

O programa Boa tarde Peperi desta quinta-feira abordou os encaminhamentos para a retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino. Nesta semana, a secretaria de Educaçao encaminhou um questionário para colher informações e sugestões de pais, professores, diretores e orientadores pedagógicos para a reabertura das escolas. A secretária, JAQUELINE GABOARDI disse que o plano será definido com muita responsabilidade e com a participação do comitê de crise. Além disso, o município vai levar em conta os protocolos que forem definidos pelo grupo criado no estado para discutir o retorno dos alunos. JAQUELINE comentou que a volta deve ser gradual e cercada de muitos cuidados, inicialmente com o ensino fundamental. Creches, só mais tarde.

O retorno das aulas presenciais a partir de agosto divide a opinião de professores no município. O Boa Tarde Peperi de ontem conversou com a professora da escola Juscelino K. De Oliveira do Bairro Estrela, MARIVONE JACOMELLI. Ela entende que as aulas podem retornar com cuidados especiais e com a redução do numero de alunos nas escolas. Ela defende um retorno com um sistema híbrido e calendários de aulas presenciais e remotas. Já a professora ARIANE ANGELITA DE OLIVEIRA, da escola Valdemar Antonio Von Dentz, entende que ainda não é hora de voltar. Ela disse que não se sente segura e que a flexibilização pode resultar no aumento de casos de Covid-19. Ela citou que a volta em agosto é um risco para professores, alunos e famílias.

As mães de alunos ouvidos pelo Boa Tarde Peperi revelaram uma preocupação com o possível retorno das aulas presenciais em agosto. Segundo a presidente da Associação de Pais e professores o centro de educação infantil Sonho Feliz, TATIANE PIVETTA, a questão é complicada. Ela entende a dificuldade dos pais que tem que trabalhar e não tem com quem deixar os filhos, mas destacou que este não é momento para voltar, especialmente nas creches. ESTER CENTENARO, mãe de uma aluna da escola Amália Daltoé Agostini, também está preocupada e não concorda com a volta da aulas presenciais em agosto. Ela disse que as crianças devem permanecer em casa porque elas terão dificuldade em seguir as normas de segurança nas escolas. Para ESTER, o vírus está aí e é preciso se proteger por mais um tempo.

Durante a sessão desta quinta-feira da Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste, foram apresentadas uma série de proposições relacionadas a serviços públicos e obras. Os pedidos dizem respeito à destinação de entulhos, ao trânsito, à iluminação pública e a bolsas de estudo, entre outros temas. Ao todo, foram aprovadas sete indicações e dois requerimentos de informações. Entre os pedidos, os vereadores solicitaram à Administração Municipal que estude a viabilidade de implantar iluminação pública na Rodovia Leolino Baldissera. De acordo o documento aprovado em plenário, há empresas, residências e o trânsito de muitos veículos no local e que a falta de iluminação prejudica a segurança de quem reside nas imediações. O pedido será enviado ao prefeito e ao secretário de Urbanismo.

A câmara também aprovou na noite de ontem um requerimento de informações sobre os critérios de avaliação e distribuição das bolsas do artigo 170. No documento, o vereador do PSD ELIAS ARAÚJO pede se a Assembleia Legislativa tem conhecimento do número de estudantes excluídos processo de seleção da bolsa. Ele também quer saber qual o posicionamento dos deputados sobre o fato de que apenas um pequeno número de estudantes foi contemplado com cem por cento da bolsa de estudos, enquanto a maioria dos concorrentes não foi contemplada com nenhum valor. ELIAS disse que muitos estudantes não tem condições de pagar as mensalidades e a bolsa de estudo do artigo 170 é uma forma de ampliar o acesso da população ao ensino superior.

Os vereadores de São Miguel do Oeste derrubaram o veto do prefeito ao Projeto de Lei que altera as normas relativas ao parcelamento do solo urbano. O veto foi apreciado durante a sessão desta quinta-feira, realizada por videoconferência. O projeto foi aprovado em votações no fim de maio e início de junho e sofreu alterações por cinco emendas. O prefeito vetou algumas das disposições emendadas pelos vereadores alegando que elas são ilegais e inconstitucionais. Na justificativa do veto, o prefeito cita que as emendas também são contrárias ao interesse público. O veto foi derrubado por unanimidade pelos vereadores. Com a derrubada do veto, o projeto será promulgado pelo presidente da câmara, EVERALDO DI BERTI.

Uma das alterações prevista nas emendas vetadas pelo prefeito WILSON TREVISAN prevê a execução de passeios públicos em loteamentos no prazo de até dois anos. O texto original previa a construção das calçadas já na abertura do loteamento. Outra alteração considera área não edificável aquela faixa de terras com largura de cinco metros contados a partir da linha que define a faixa de domínio das rodovias estaduais e federais, em trechos específicos. A emenda considerou esta faixa em todo o trecho das rodovias localizadas no perímetro urbano. Na justificativa do veto, o prefeito ressalta que o perímetro urbano é uma área extremamente ampla e que a construção em toda a extensão impediria a possibilidade de expansão das rodovias ou a criação de vias marginais, com o consequente desordenamento do planejamento urbanístico do Município e afunilamento do trânsito de automóveis.

A reivindicação para instalar uma lombada física no trecho urbano da rodovia Leolino Baldissera é antiga e o poder público precisava agir. A afirmação é do prefeito WILSON TREVISAN. Em entrevista para a Peperi no final da tarde de ontem, ele explicou porque determinou a implantação de uma lombada no local onde aconteceu um acidente na madrugada de ontem. Por volta das duas e meia, uma caminhonete Ranger derrubou um poste da rede elétrica e bateu no muro de uma residência. O Cotrasmo informo que um estudo técnico apontou a inviabilidade de um redutor de velocidade no local, mas mesmo assim, o prefeito determinou a instalação da lombada. O serviço foi executado ainda ontem pelo Departamento Municipal de Trânsito.

As pessoas estão abusando da velocidade na rodovia Leolino Baldissera e não dá mais deixar essa situação do jeito que está. A declaração é do prefeito WILSON TREVISAN. Ele disse que, mesmo sem parecer do Cotrasmo, decidiu colocar uma lombada física no bairro Salete para proteger a vida das pessoas. TREVISAN citou que o Cotrasmo é um órgão consultivo, mas que é preciso ser prático para resolver as questões que são um problema para a comunidade. O prefeito disse que o conselho vai entender a posição que ele teve diante da urgência e gravidade do caso.

Um motociclista ficou ferido em um acidente na última quarta-feira à noite em São José do Cedro. A colisão aconteceu na via periférica à BR 163 e envolveu um Fiat Punto e uma motocicleta Brós vermelha. O Corpo de Bombeiros foi chamado para atender o condutor da moto, um homem de 52 anos. Ele sofreu fratura aberta e hemorragia no pé direito, além de escoriações nos braços e pernas. A vítima foi atendida, imobilizada e conduzida até o hospital. A condutora do veículo, não se feriu, dispensando atendimento.

A Polícia Civil realiza na manhã de hoje uma operação de combate ao tráfico de drogas na região. Desde as primeiras horas da manhã, os policiais cumpriram nove mandados de busca e apreensão nas cidades de Cunha Porã e Riqueza. A ação faz parte de uma investigação contra suspeitos da prática do crime de tráfico de drogas. A ação coordenada pela Polícia Civil contou com apoio da Polícia Militar. Cerca de 50 policiais em 17 viaturas participam da Operação. Os objetos apreendidos hoje vão passar por perícia. Agora à pouco, o delegado JOÃO MIOTTO informou que três pessoas foram presas. A Polícia Civil deve divulgar mais detalhes da operação no decorrer do dia.

PROGRAMAS

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.