28.11.2017 às 13:02h - atualizado em 28.11.2017 às 13:05h - Justiça

MP da Bolívia amplia prazo da investigação sobre acidente da Chape

Marcos de Lima

Por: Marcos de Lima São Miguel do Oeste - SC

MP da Bolívia amplia prazo da investigação sobre acidente da Chape
Foto: Divulgação

Na semana em que completa um ano do acidente com o voo da LaMia, em novembro do ano passado, o Ministério Público da Bolívia anunciou que estenderá por seis meses a investigação. A queda da aeronave matou 71 pessoas, entre jogadores, dirigentes, comissão técnica, convidados e jornalistas. O acidente ocorreu no Cerro Gordo, proximidades de Medellín, onde a Chape jogaria a primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana, diante do Atlético Nacional.

Segundo o promotor de Santa Cruz de La Sierra, Freddy Larrea, falou em entrevista coletiva, “devido à complexidade do caso, pedimos ao juiz cautelar uma ampliação do prazo, e isso nos foi concedido”. Ele não descarta a possibilidade de incluir nas investigações os venezuelanos Ricardo Albacete e sua filha, Loredana Albacete, que são acusados de serem os verdadeiros donos e acionistas majoritários da LaMia, que parou de operar desde o acidente.

No começo dessa semana, o jornal boliviano “El Deber” publicou áudios e documentos que comprovariam essa tese. Essas provas passaram por uma perícia do Instituto de Investigações Técnicas Cientícas da Universidade Policial. Nova perícia será realizada, para a elaboração de um relatório final. Esses áudios são anteriores ao dia do acidente.

O promotor Freddy Larrea solicitou a Interpol que inclua na lista de procurados internacionais Celia Castedo, ex-inspetora de voo da Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares à Navegação Aérea. Ela foi quem assinou o documento autorizando o plano de voo da LaMia e está no Brasil desde dezembro passado, refugiada em Corumbá - MS.

O nome do piloto Marco Antonio Rocha Benegas, que nunca se apresentou para prestar depoimento às autoridades bolivianas, também será incluído na lista da Interpol. Ele era um dos sócios da LaMia e está em lugar incerto desde o mês posterior ao acidente.

Fonte: Rádio Chapecó

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.