28.11.2017 às 22:50h - Geral

Chapecó se mobiliza para homenagear vítimas de acidente da Colômbia

Marcos de Lima

Por: Marcos de Lima São Miguel do Oeste - SC

Chapecó se mobiliza para homenagear vítimas de acidente da Colômbia
Foto: Tarla Wolski / Especial

Torcedores da Chapecoense moradores de Chapecó vão passar a madrugada desta terça para quarta-feira, 29, em homenagem às vítimas do acidente aéreo na Colômbia. É a forma forte de lembrar das 71 vítimas da tragédia. Uma vigília começa na Arena Condá e vai até a catedral da cidade. O município se veste em luto e nas cores do clube de futebol para fazer reverência aos mortos na colisão da aeronave da LaMia.

Cerca de 200 torcedores da Chapecoense foram da Catedral Santo Antônio até a Arena Condá. Com os instrumentos utilizados em dias de jogos, eles tocam músicas que embalaram o time na campanha que terminou às vésperas do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana do ano passado. Entre elas o “Vamo, Vamo, Chape”, que voltou a soar há pouco mais de 10 dias, quando o time garantiu a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro.

- Fiz questão de puxar o canto em forma de homenagem. Naquele dia a oração após a partida - 2 a 1 sobre o Vitória- foi falando deles. Falamos pouco do assunto ao longo do ano para não ficarmos todo o tempo em luto. Mas naquele dia homenageamos os guerreiros da forma que comemoravam – disse o diretor de futebol João Carlos Maringá, que perdeu amigos no acidente e voltou ao clube em que trabalhou para ajudar em sua reconstrução.

Na casa do Verdão, a Arena Condá, torcedores colocaram bandeiras e faixas ao redor do gramado. Pelas ruas da cidade, são poucas as ruas e esquinas que não tenha algo que remeta ao clube ou homenageie as vítimas do acidente aéreo. A comoção é grande para o encontro no estádio, previsto para a meia-noite, que vai sair em procissão até a Catedral Santo Antônio. À 1h15min, horário do acidente, soará o sino da catedral. Depois inicia a vigília até o horário da missa, às 18h30min desta quarta-feira.

Na tragédia ocorrida em 29 de novembro de 2016, 71 pessoas morreram, entre jogadores, comissão técnica, dirigentes, jornalistas e convidados.

Fonte: CBN DIÁRIO

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.