07.11.2017 às 23:03h - atualizado em 07.11.2017 às 23:04h - Política

Advogado explica pagamento indevido à servidora morta

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

Advogado explica pagamento indevido à servidora morta
Cristian Lösch / Portal Peperi

Na sessão da noite desta terça-feira, 07, os vereadores receberam o advogado do município, Paulo Ricardo Drumm. Ele participou para dar esclarecimento sobre o pagamento de salários para uma servidora que faleceu há cerca de seis anos. A prefeitura de São Miguel do Oeste fazia esses pagamentos. O salário de cerca de R$ 2,400 mil vinha sendo depositado para a servidora desde 2011. A mulher, no entanto, morreu naquele ano. O pagamento foi cancelado agora e o caso está em análise na assessoria jurídica do município. Drumm disse que a prefeitura vai apurar se os valores foram sacados indevidamente ou não. Se for comprovado que alguém pegou o dinheiro do salário depois da morte da servidora, o município deve ingressar com uma ação judicial para reaver os valores.

O pagamento do salário para uma servidora que faleceu há seis anos foi identificado durante a atualização dos cadastros de aposentados e pensionistas do antigo Fundão da prefeitura. O advogado do município, Paulo Ricardo Drumm disse que os servidores precisam fazer a prova de vida para continua recebendo o pagamento. Essa servidora não fez o cadastro quando a prefeitura trocou o banco para pagamento dos salários e foi nesse instante que o município identificou o problema. Ele reforçou que todos os servidores do antigo Fundão deve fazer o recadastramento para evitar o corte do benefício.

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.