Polícia

01.12.2017 às 08:26h - atualizado em 01.12.2017 às 08:27h - Polícia

Condenado por morte de comerciante em Mondaí é preso no Rio Grande do Sul

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira, 30, no Distrito de Basílio da Gama.

Conforme o delegado da Comarca de Mondaí, Eric Rosada, no dia 14 de agosto de 2010, cinco pessoas abordaram o comerciante Celso Marasca, em sua residência, na Linha Catres em Mondaí, e anunciaram o assalto.

A vítima reagiu e foi morta por um disparo de arma de fogo. Após o disparo, os assaltantes fugiram sem levar nada.

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de São Miguel do Oeste e Delegacia de Polícia da Comarca de Mondaí, após investigação, indiciaram o suspeito José Antônio Schereen, o qual teria efetuado o disparo contra a vítima, sendo decretada sua prisão temporária em 2011.

O suspeito ficou foragido, porém foi localizado e preso no dia dois de janeiro de 2013. Posteriormente, o suspeito recebeu liberdade condicional, respondendo o processo em semi-liberdade.

Este ano, José Antônio Schereen foi condenado definitivamente pelo Poder Judiciário, por meio da Vara Única de Mondaí, à pena de 31 anos, nove meses e três dias de reclusão, e mais o pagamento de 40 dias-multa.

O delegado Eric Rosada explica que com a condenação definitiva do acusado, o Poder Judiciário decretou sua prisão.

Schereen foi localizado e preso no Rio Grande do Sul na manhã desta quinta-feira, dia 30, no Distrito de Basílio da Gama, município de Pinheirinho do Vale, no RS.

A prisão foi efetuada pela Polícia Civil, em ação da Delegacia de Policia de Redentora, com apoio da Brigada Militar e demais delegacias da região, durante a Operação Guarani.

Schereen foi encaminhado ao presídio de Frederico Westphalen no RS.

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.